domingo, 15 de maio de 2011

Um beijinho no teu coração

Desculpem as amigas que já me enviaram beijinhos no coração (sei que foram todos de coração), mas de cada vez que escuto esta frase, imagino o orgão ensanguentado, latejante. Feito de músculo, veias e artérias e o grégório sobe pela glote.
Em última instância, lembro-me sempre do filme "Indiana Jones e o Templo Perdido", em que há um tipo sinistro que arranca corações com a mão e os come.
Imaginar alguém a dar um beijo ali, digamos que não me comove. Acho um bocado vampiresco.
Outra que também me leva às nuvens é: Abracinho.
Eu sei que todos os abracinhos são de facto estupidamente fofinhos, mas eu cá gosto mais de abraços e de bacalhaus.
Abracinho é abraço de anão.
E hoje é isto.

6 comentários:

Manuela disse...

Querida Ana, abracinho é uma abraço mais leve, sem apertar, como aqueles que eu dou à minha mãe-pequenina :)

Ginguba disse...

Eu cá também só dou abraços, nada de abracinhos!
E quando ouço essa do beijo no teu coração só consigo pensar numa pessoa a dar um beijo no peito de outra, o que sempre me pareceu no mínimo ridículo.
Portanto, para ti, um abraço e bom domingo!
:)

Melissinha disse...

cabra insensível.

Naná disse...

Sinceramente, essa do beijinho no coração desconheço, mas acho piada à expressão "aquele abraço"... qual aquele? e porque não este? até parece que é um abraço secreto ou tabu, de um código qualquer para que mais ninguém perceba... Mas uma que me irritava quando andava na faculdade, era a sr.ª da casa das fotocópias que dizia: obrigadinhos!
Melissinha, adorei a frontalidade!

Irina A. disse...

Não prestas. Subscrevo a Melissa.

Joanissima disse...

e abreijos???

arghhhhhhhhhh