domingo, 17 de julho de 2011

Agora já percebi tudo

A tendência televisiva é para programas de combate à obesidade. Seja através do exercício físico maluco e de incentivos monetários, de bandas gástricas, de by-passes gástricos, de cirurgias estéticas. Eu meto num canal qualquer e lá estão pessoas com excesso de peso a sofrerem para se livrarem dele.
Meto noutro canal e lá estão a falar da comida enquanto vício, enquanto droga do século XXI e eu tremo de cada vez que me apetece comer um doce, depois de uma tarde neurótica. Enfio linhaça na sopa e tomo pastilhas de Omega3 ao pequeno-almoço.
Depois mudo de novo o canal e vejo que a tendência é programas de cozinha. Chefes desvairados, sarcásticos, mulheres com orgasmos culinários, bolos de alto gabarito, malta a lamber os dedos e a rapar o tacho e fico com vontade de cozinhar freneticamente para a minha família. De ter sempre a casa a cheirar a bolos acabados de fazer.
Em que é que ficamos, senhores? Isto é programação esquizofrénica e é precisamente esquizofrénica que me sinto.

7 comentários:

_+*Ælitis in Paris*+_ disse...

Ver o programa de bolos e Cia 1° e ver o de tortura de seguida. Tens ai uma solução ;)

Ana C. disse...

Elite, AHAHAHAHAHAHAHAHA!!! Bela solução, sim senhora. É a solução masoquista :)

Nokas disse...

Eu prefiro o de culinária, hehe :)

Naná disse...

Ana Cê, daqui a pouco tempo, eles vão arranjar outro tema igualmente esquizofrénico!
O pior é que eu já via estes programas nas versões estrangeiras e não pareciam tão pirosos... quer dizer tirando o Biggest Looser que era um bocado pindérico!

Naná disse...

E de caminho, Ana Cê. toma lá um selo, no meu blog

http://arrifanasea.blogspot.com/2011/07/marcianices-award-2011.html

gralha disse...

Amoreee, desliga a televisão

Crente disse...

Como, não como, como, não como, como, não como... Aiiiiii!