quinta-feira, 16 de junho de 2011

Nova Rubrica: "Como Saltar para a Cueca de uma mulher em 2 dias"

Queridos homens e rapazes deste universo virtual,
Venho por este meio mostrar a minha amizade para convosco, e deixar-vos algumas dicas de engate rápido no gatilho.
Vejo que perdem tanto tempo em roupas cool, sapatos estilosos, carros topo de gama, jeitos no cabelo, perfumes, enfim, tudo aquilo que caracteriza a metro sexualidade (seja lá o que isso for), quando poderiam ter as mulheres todas do mundo aos vossos pés a custo zero.
Ontem, em conversa com a Melissa, percebi que a mina de ouro dos possíveis engates, reside na escrita. Sim, ouviram bem, as mulheres enlouquecem por um gajo que escreva.
Se escrever bem, é o êxtase. Se escrever bem sobre sentimentos, são os orgasmos múltiplos. Se escrever bem, escrever sobre sentimentos e não tiver medo de expor o seu lado mais íntimo, é a entrega total e sem reservas, possível pedido de casamento e paternidade dos filhos que carregará.
Ele pode ser um gadelhudo, barrigudo, com pelos no nariz. Ele pode ser calvo, esquelético e sem pelos em lado nenhum. Não importa, desde que escreva bem.
Concluímos também que o contrário raramente acontece. Os gajos estão-se a cagar para a forma como uma mulher escreve.
Encaram a escrita da fémea, principalmente quando escreve sobre feelings, uma coisa banal, constrangedora até.
Por isso, andamos a pensar, eu e a Melissa, em abrirmos um workshop para iniciação à escrita sentimental masculina, lado a lado com cursos de auto-ajuda para o engate.
Aceitam-se inscrições e prometemos resultados rápidos.

27 comentários:

av disse...

Pois que estou totalmente de acordo. O que mais me entusiasma são homens que escrevam bem, e sem erros!

Nuno Andrade Ferreira disse...

Eu acho que escrevo razoavelmente, mas olha que isso não me tem valido de nada...

Ana C. disse...

av, pago a uma mulher que me diga que não gosta de um gajo que escreva bem :)

Ana C. disse...

Nuno, isso deve-se apenas ao facto de andares a dormir.
Tu és um potencial salteador de cuecame feminino. Acredita em mim.

Ana. disse...

Ahahah!
Muito bom!
As coisas de que vocês se lembram! Auguro grande futuro para o vosso workshop!!
;)



PS - Que sódaditas!!!!!

Melissinha disse...

DEVOLVEMOS O DINHEIRO EM CASO DE POUCO ÊXITO.

Ana C. disse...

Ana., serás informada sobre possíveis honorários, caso estejas interessada em leccionar :)

Ana C. disse...

Melissa, fala por ti. Eu não devolvo nada.

Joanissima disse...

Que grande grande ideia!!
Tambem eu, em tempos que já lá vão (ainda os animais falavam) me deixei sucumbir a essa estirpe de homens. Benzó Deus que isso era, a unica coisa que o cristão tinha que se aproveitasse, mas serviu o propósito, pois que serviu!

Gajos que escrevem bem são fantasticos... até abrirem a boca, alguns deles. E é depois nessa parte que estragam toda.

Precisando as meninas de uma formadora para a cadeira de "Como disfarçar que afinal só escrevemos bem, porque de resto somos uns perfeitos anormais" posso sempre dar uma humilde ajuda.

Melissinha disse...

haaa

Melissinha disse...

Pá, assim, de repente... Já tenho a primeira aula elaborada.

Inscrevam-se, homens!

Cláudia disse...

Dois dias não digo mas vinte...!!!
E se além de escrever bem não tiver nenhum dos magníficos atributos referidos, muito pelo contrário?!

gralha disse...

Prefiro um que dance bem. Expandam o negócio para escritores bailarinos sff

Ana C. disse...

Joaníssima, nós não formaremos fraudes. O âmbito do nosso programa é criar D.Juans genuinamente artificiais :)

Ana C. disse...

Este blog é um falhanço promocional. Tirando raras e honrosas excepções, é só mulherio...

Melissinha disse...

Isso de dançar era para quando o mating game se dava nas pistas, Gralha. Hoje em dia, já ninguém se conhece em discotecas ou trabalho. A malta encontra-se mesmo é nas redes sociais.

Mas posso ensinar o Gralho a dançar forró. Ninguém me bate.

Ana C. disse...

gralha, dançar? C'um caneco, que me interessaria a mim um gajo que dançasse... Só se fosse a dança da chuva :) Mas tudo bem, teremos uma disciplina com esse teor e chamar-se-á: Dar Baile.

Ana C. disse...

Cláudia, como assim? Ser giro que se farta? Isso é um extra :)

Cláudia disse...

Ana,
eu nem digo nada...não todos ( também o que é demais é demais) mas tem dias que até parece que a perfeição existe!

Miguel disse...

E eu que o diga! Sabias que tenho de andar munido de um pau, tanto e tão agressivo é o assédio do mulherio?
É, triste sina a de um gajo que escreve bem...

(oh pá! tratem-se!)

Melissinha disse...

Miguel, isso é obviamente porque não estás para aí virado. Vira-te para aí a ver se não tens de arranjar um pau.

Ana C. disse...

Miguel, em primeiro lugar, eu estou do lado de cá e tu do lado de lá.
Sou gaja e sei do que falo.
Em segundo lugar, tu és sarcástico, bem humorado, inteligente, MAS NÃO ESCREVES SOBRE SENTIMENTOS, NEM RASGAS O TEU CORAÇÃO.
Sorry...

Melissinha disse...

Mas olha que também não precisa rasgar o coração. Há quem ache rasgar o coração meio frutinha.

Acho que é preciso sentido de humor, presença de espírito e honestidade.

E já tenho a 2a aula.

EU SOU EU disse...

deixa-me que te diga...que isso não é assim tão linear...eu escrevo...não sei se bem se mal...mas escrevo...sobre tudo e sobre nada...sobre sentimentos e emoções e sobre a falta dela...e de nada me vale...resta-me esperar...pode ser que depois do teu workshop...fique melhor...ehehheh

Supertatas disse...

aproveitem para fazer uma selecção dos alunos e mandem-me os cvs dos melhores sff

Miguel disse...

LARGUEM-ME SUAS LOUCAS! NÃO... LARGA ISSO PÁ... DASSSSS... LARGA ISSO Q'EU AINDA PRECISO DELE!!

AHHHHHHHHHHH

gralha disse...

Melissa, se ensinares o gralho a dançar forró faço-te um estátua coberta a talha dourada, com manto de veludo.