quinta-feira, 16 de junho de 2011

Rubrica: "como saltar para a cueca da SUA mulher em 5 minutos"

Quando a mulher é a sua mulher há já alguns anos, esqueça a escrita. Tirando as listas de supermercado e alguns sms fofinhos a dizerem: Amo-te muito, praticamente nenhuma letra será trocada entre vocês.
O truque para saltar para a cueca da esposa é simples:
Dizer-lhe que hoje trata do jantar, dos putos, da loiça e aspira, enquanto ela relaxa com um copo de vinho tinto. Proceda a estas tarefas enquanto suspira o quanto a vida dela é dura e admirável.
Simples, não é?
Só não garanto que, depois das tarefas todas concluídas, a libido se mantenha, mas vale a pena tentar.

19 comentários:

Ginguba disse...

Tens toda a razão. O SMS mais fofinho que recebi do meu home aqui há dias foi: Não te preocupes, eu levo o tacho.
:D

Naná disse...

Lindo, simples e eficaz!
E já que estamos numa de partilha... Sim, a última sms fofinha que recebi do meu mais que tudo foi esta tarde e dizia: "vou às compras!"... vá lá, que ele foi às compras ao supermercado, para trazer comidinha pra casa!

Melissinha disse...

haha Ginguba, eu respondia: também te amo.

Miguel disse...

Bom, neste caso podes convidar-me para prelector convidado no vosso workshop!! Na verdade não há preliminares mais apetecidos pela mulher casada do que assistir ao seu homem a desempenhar as tarefas domésticas...

Melissinha disse...

Ó pá podíamos abrir uma escola.

Ginguba disse...

Melissa, o meu marido não é praticamente um príncipe da escrita? Não precisa nada do vosso workshop!

Lilim disse...

O meu mais-que-tudo para além de me ter deixado um post-it fofinho,deixou ao lado um croissant fresquinho...ah...tenho medo que mo roubem!

3Picuinhas disse...

ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahhahahhahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahhahah absolutamente certa!

Ana C. disse...

Ginguba:
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Ana C. disse...

Naná, é preciso é que acabe com um:
Am.mto (porque escrever Amo-te Muito, já é pedir demais;))

Ana C. disse...

Miguel, estás contratado. Este workshop vai ser nas instalações da Molly Maid.

Ana C. disse...

Melissa, eu posso oferecer o espaço.

Ana C. disse...

Lilim, uma perguntinha para ti:
Esse maravilhoso croissant e post-it seguiram-se a uma intervenção doméstica da parte do teu mais-que-tudo? Ah pois é!
Quanto a mim, ele está a comprar-te com post-its e croissants, para fugir às lides ;)

Ana C. disse...

3Picuinhas, eles podiam ter-nos a seus pés todas as noites, se se empenhassem só um bocadinho :)

gralha disse...

Por acaso acho que eles pensam que se "nos habituarem mal" já não damos valor às "ajudas". O meu partilha as tarefas todos os dias - e é verdade que isso já não me entusiasma a pardaleca só por si. É preciso ensinar-lhes a criatividade em geral :)

Ana C. disse...

gralha, aqui em casa também dividimos tarefas, mas como eu estou em casa o dia todo e ele só chega às 7, a divisão é algo díspar. E depois, aqui a cena é não dividir nada, é ele fazer tudo!

gralha disse...

Está bem, está bem. Sobretudo se o tudo incluir um jantar com coisinhas boas regado a champanhe. Ou a cerveja, também marcha nestes dias quentes.

XS disse...

Eles podiam fazer isso mais vezes...safavam-se melhor!

Miguel disse...

Xiii... tanta gaja a desancar nos machos! Fui.