sábado, 13 de fevereiro de 2010

É Carnaval e Levo Tudo a Mal

Sai uma ex-grávida-anémica ao shopping, fraca e frágil em busca de filmes para ver em família, quando a cada esquina do recinto salta um puto mascarado.
São miúdas já com 14 anos mascaradas de princesas com vestidos feitos de lençóis, chapéu bicudo no cocoruto da tola e véu, varinha mágica na mão. São meninos Zorros de bigode mal desenhado e a desferir golpes de espada na minha direcção, são bebés de berço já prontos para Torres Vedras e os pais orgulhosos, peito cheio a exibir a máscara da cria, ao invés de se esconderem atrás de cada pilar, de se afastarem e fingirem que não conhecem a criança de lado nenhum.
É o horror, o caos, o pesadelo. Ai como odeio o carnaval!
Ainda me lembro quando, ao conduzir plácidamente o meu bólide à noite levei com um saco de água em cima lançado por um grupo de putos reguilas e ia ficando ali mesmo morta de susto. Travei a fundo e persegui a criançada pela noite dentro até me pedirem desculpa de joelhos enquanto gritavam: É carnaval, ninguém leva a mal!
Então não leves a mal este carolo, toma!

9 comentários:

Miguel disse...

Este ano o Gabi vai de leão e eu de pirata!! Mas vamos só brincar um pouco no parque da cidade. Nada de pistolas de água e farinha em cima dos incautos!!

A mãe que capotou disse...

Adoro carolos ! lol

Catarina disse...

Minha Querida,

Somos mesmo almas gémeas, e peço desculpa pelo atrevimento, mas também odeio o Carnaval, desde míuda. Os meus pais insistiam em levar-me a Torres Vedras e saía de lá tipo " pinto miserável " a escorrer água.

Agora nem me aproximo de nada que tenha a ver com isto!

Aproveito para deixar um enorme beijinho para a " nova " familia. Um especial para o António e não te esqueças de ficar boa depressa.

Rosário

Miepeee disse...

Da-lhes com forca :))

Melissinha disse...

Só curto as máscaras!
Nada mais triste neste mundo do que uma criança sem máscara.

Angelik disse...

Abomino o Carnaval!

Precis Almana disse...

Ainda agora estou aqui a tentar trabalhar e só oiço tambores lá em baixo. Deixei eu de fazer coisas que gosto para não conseguir trabalhar também e estar a arranjar uma bela dor de cabeça. Argh, estou furiosa.

Petra Pink disse...

também detesto esta festa.
Respeito quem gosta mas realmente eu não acho piada nenhuma

MARIINHA disse...

Espero sinceramente que a "ex-grávida-anémica, fraca e frágil", que não gosta do Carnaval, esteja quase recuperada. Portanto que já tenha as bochechas mais coraditas e que se sinta com mais forças. O teu rapazinho dorme bem? Porque com este frio, custa muito a sair da cama. E tu já não estavas habituada. Um beijo