segunda-feira, 25 de junho de 2012

Poder para Dentro

Por mais estranho que pareça, não deixa de ser reconfortante sabermos com quem não podemos contar. Fechar com um pontapé definitivo a porta que permanecia entreaberta, a chiar e a deixar passar uma pequena corrente de ar, é poderoso.
Quando damos por nós, já não esperamos, já não perguntamos, já não duvidamos, já não entristecemos, nem empalidecemos e isso enche-nos de uma sensação de vitória.

3 comentários:

Silvina disse...

Esse tipo de vitorias é reconfortante, mas quanto a mim continua a doer sempre um bocadinho...
Se a ti não dói, conta o segredo! ;)

Melissinha disse...

Faz a nossa atenção voltar-se para a janela que está prestes a abrir.

Naná disse...

Eu acho que o que nos poupa em tempo e energia já é tão bom!
Como se costuma dizer: se não atrapalhassem já ajudavam.
Quando deixamos de considerar aquela pessoa seja para o que for, não ajudam mas também não atrapalham!

Silvina, acho que não será bem dor, será mais uma espécie de mágoa que fica...