quarta-feira, 3 de março de 2010

Deprimi

Ai eu saí do hospital com o meu peso original.
Ai eu larguei tudo na sala de partos.
Olha para mim, recuperei a silhueta numa semana, sou assim mesmo é genético.
Parece que estive grávida de uma ervilha, nem se nota que fui mãe há um mês!
Dieta eu? Achas? Bastou-me dar de mamar e em poucas semanas fiquei esguia como esparguete.
Já uso os meus jeans de antigamente.
Não usas cinta pós parto, assim nunca mais vais ao sítio.
Aiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!
Mas serei a única gaja a ter saído da maternidade com barriga de 4 meses?
Serei a única a abominar a cinta pós parto e a não conseguir sentar-me com ela enfiada nas costelas e a sair-me das camisolas?
Serei a única gaja que chora porque a falta de horas bem dormidas lhe dá fome?
Deprimi.

19 comentários:

JS disse...

Eu parecia um elefante.

Ainda hoje fico agoniada só de me lembrar da cinta.

E ainda hoje tenho vontade de chorar por não dormir!!!


Estou contigo Ana! Tem calma são só mais 30 anos de stresse...

Um abraço***

Igraine disse...

Comigo também foi assim ;)

Força!*

Pekala disse...

cool...a mim dias depois de ter tido o puto deram-me os parabéns pela gravidez lol
(oras,deprimiste o quê?vá vá a andar!!!!e se tens fome come!)

Lebasiana disse...

és tu e todas... eu não usei cinta, usei um espartilho FANTÁSTICO com colchetes que apertava a frente! mandava-te tudo para o sitio certo!

não te sintas diferente... todas oassamos por isso!

jocas

Nina disse...

Acredita que não és!:(
A cinta/espartilho foi posto de parte, às primeiras tentativas;
A barriga era tb enorme...e o choro era uma constante, porque o corpo pedia descanso.
bji, querida e força

Melissinha disse...

hahaha a da Pekala tá óptima.
Bem, eu um ano depois, continuo com cinco meses de grávida, portanto, não te posso dar colinho.
Tem paciência que isso vai ao sítio.

Joanissima disse...

Eu engordei 22 kg.
Eu demorei muito tempo (nao te vou dizer quanto para nao te deprimir mais) a recuperar alguma coisinha.
Eu nunca usei cinta nenhuma porque nao podia respirar.
Eu acho que isso é tudo muito normal e que essas moças que pariram ervilhas deviam ser esbofeteadas.

Não desesperes.
Estou totalmente solidária contigo.

Precis Almana disse...

Quem diz que saiu com o peso original e bláblá mente com todos os dentes que tem na boca.
Eu achava que as cintas não eram lá muito boas porque ao fazerem força por ti para ir a barriga ao sítio estão a enfraquecer os músculos abdominais...

Fôfa disse...

Eu sei bem o que é isso. Imagine que depois de ter tido a muida, começou o massacre na própria maternidade.

A médica a dizer que parecia que eu tinha ainda outra criança lá dentro e uma semana depois tive de ir à mercearia e o "gajo" da caixa a perguntar se eu ainda não tinha tido a criança, sim porque apesar de ter barriga (enorme, é verdade) esta não tinha nada a ver quando estava grávida - fiquei com um pó ao rapaz.

Quanto à cinta só posso dizer que tentei colocá-la ainda na maternidade e mal a fechei aquilo soltou-se e caiu no chão.

Não sei como conseguem mas comigo até hoje tenho barriga.

Lia disse...

pois...eu nunca fui mãe... mas a minha mãe diz que ainda hoje tem uma barriga de 4 meses desde que teve o meu mano...e olha que ele já fez 19 anos!

Deprimiste mais agora?

Cat disse...

Cara Ana, eu de facto sai da maternidade com quase o peso que tinha antes de engravidar mas porque o pós-parto foi tão horrível que tive as náuseas que não tive na gravidez e nem conseguia tocar na comida. Chorei todas as noites pelo que o pouco peso não era motivo nenhum de orgulho ou alegria. Não tinha leite para o meu filho e ele chorava toda a noite sentia-me péssima, exausta, desorientada... Por isso pouco importa o peso e há muito tempo para recuperar. Para além disso a depressão pós-parto é uma realidade e em muito se deve à privação do sono. Um abraço

Nina disse...

Ès um caso raro lolo, felicidades

c disse...

Andas a falar com as pessoas erradas.
Eu, quase um mês depois de ter a criança, ouvi de uma senhora numa loja: Então, está para quando?

Xanuca B disse...

Abraço!
é mesmo assim.... daqui a um tempo a silhueta volta, o António cresce e a vida volta ao normal! :))

CarlaB disse...

da gravidez só aumentei 6 kg, mas depois do parto fiz retenção de liquidos e só recuperei a forma passado 9 meses.
Depois vejo uma Heidi Klum que depois de ter o 4º filho ao fim de 2 semanas já estava em forma...:(

Paula disse...

Eu tb tive uma "amiga" q me disse, logo na primeira visita lá a casa: ai eu saí do hospital já c as calças q vestia antes de engravidar! (estúpida!!!!!)
E na primeira ida ao supermercado tb ouvi "Parabéns! É p quando?"
Por isso.... não deprimas :) penso q 99% de nós somos humanas.. dp há as extraterrestres, como a Heidi Klum!

gralha disse...

Eu fujo das cintas como o diabo da cruz, que isso só serve para deixar os músculos preguiçosos.
Há dias e noites mais difíceis que outros, clao que estamos cansadas. E precisamos de mimo. Beijinhos

Ni! disse...

Não, não estás sozinha... visto as minhas calças mais largueironas do pré gravidez (2 pares) e de resto, tive de ir às compras. E levanto-me de noite para fazer assaltos à cozinha, às vezes mais do que uma vez... amamentar dá fome. Nunca me consegui entender com a cinta também. Tenho cá para mim que só quando deixar de amamentar vou poder fazer uma dieta decente (entenda-se passar fome, fechar a boca...) e abater alguns quilinhos!

sofia disse...

Eu era igual... e levei mais de 1 ano a voltar a enfiar-me nas calças antigas
E sim, dormir pouco dá cá uma fome!!!
e só de bolachas e porcarias!
Beijinhos
E parabéns pelo António, que acho que ainda não tinha dado (que só vos descobri agora)