terça-feira, 23 de agosto de 2011

Agora a sério

Tenho tido minutos de puro deleite. Bem sei que são apenas minutos, mas mesmo assim, adoro quando os meus filhos estão sentados a brincar juntos na areia. O António põe e tira conchas do balde cerca de 348716 vezes por minuto, depois leva pedaços de areia à boca e saboreia, enquanto a irmã tenta limpar-lhe as mãos.
Esses breves momentos, em que tudo parece encaixar no lugar e em que mais ninguém quer estar noutro lugar qualquer, são absolutamente perfeitos.

2 comentários:

gralha disse...

:)
(e o amor que sentimos pelos mais velhos, por cuidarem tão carinhosamente dos mais novos? bom demais)

Melissinha disse...

É delicioso vê-lo na praia a croquetar e a ser a pessoínha mais feliz do mundo.

(Mas acho que todas as férias devem incluir um dia de espreguiçadeira, livros e bebidas alcoólicas para cada cônjuge. Ou dois).