quarta-feira, 10 de agosto de 2011

As Bolas

Não há nada que se compare ao sabor de uma bola de berlim degustada no areal :)
É um dos pequenos grandes prazeres de uma vida. Os gritos dos putos ao longe, os gritos dos meus putos de perto e o açúcar espalhado em redor dos lábios dos três.

8 comentários:

Naná disse...

Ora aí está uma coisa que eu não consigo fazer... gosto de bolas de berlim, mas nunca no areal! No areal só mesmo gelados!

saudosa disse...

... e sabor a água salgada no meio do açúcar?

Não há nada no mundo que pague isso!

Ginguba disse...

Not! Eu é mais batatas fritas :)

Sílvia disse...

E a inveja que eu tenho disso? Aqui para cima não encontro bolas de berlim na praia :(

gralha disse...

Se é para enfardar na praia, para mim podem ser ameijoas e sangria branca, sff.

wine, wine and more wine.. disse...

un vero piacere....

Manuela disse...

Pois, querida Ana, olha o que a Sílvia diz... aqui no Norte não há bolas de berlim nas praias! E agora estou para aqui a salivar, pois mesmo que tivesse uma aqui, à minha beira (repara no "à minha beira"!!), nunca, mas nunca, saberia como na praia! ;)

Melissinha disse...

amo. Não preciso dos filhos. Nem da praia.