segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Coisas demasiado fascinantes para passarem em branco

Porque é que a senhora, ou o senhor, que tenta vender-me um colchão, um fogão, uma almofada, um aquecedor, um esquentador, um penso higiénico, tem sempre um produto igualzinho em sua casa e está muito satisfeita?
Porque é que certas pessoas que põem à venda o que quer que seja, parece que nos fazem um favor quando nos mostramos interessados em comprar?

3 comentários:

Irina A. disse...

Eu por exemplo sofro de intolerância a gente que não coloca os preços nas coisas no facebook. E não me venham com a história do símbolo do €...
Não curto segredos comerciais.

Naná disse...

há realmente um certo ar de superioridade, um certo paternalismo na sua postura.

Gosto mesmo é de vê-los escorregar na maionese quando fazemos uma pergunta mais específica e eles não sabem sequer o que estão a vender

ouvirdizer disse...

Deve ser pelo mesmo motivo que uma senhora, testemunha dos jotas, todos os dias me diz, na esquina ao pé do trabalho: "Olhe que o fim está próximo, só alguns é que se safam". - TO-DOS-OS-DI-AS!
É gente que tem uma missão.