terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Abracemos a nossa Cabrice

Um dia ainda vou escrever crónicas (adoro a palavra crónicas, dá todo um outro status às merdas que alguém decide escrever) que ajudem as mulheres a sentirem-se menos culpadas.
Crónicas que as ajudem a perceber que nenhuma mãe é perfeita e que todas nós gritamos com os putos de vez em quando e desejamos embarcar numa nave espacial em direcção a Marte, só para termos um bocadinho de silêncio.
Não é crime de lesa majestade, se os putos não andarem com a roupa bem passada e jantarem cachorros quentes de vez em quando. Tal como não é crime de lesa pátria não andarmos constantemente aprumadas para irmos despejar o lixo, ou passear o cão.
Todos, repito, todos os putos fazem cenas e são insuportáveis de vez em quando. Os vossos crianços não têm que ser perfeitos para serem amados. Digo-vos, sinceramente, apesar de ter a certeza absoluta de que os meus filhos se adoram um ao outro. Muitas são as vezes em que tenho que apanhar pedaços do meu próprio cérebro pelo chão, quando ambos decidem pedir-me justiça e que decida qual deles tem razão e que interceda e que reaja e que faça qualquer coisa.
Mil vezes pior do que o Juiz Decide, é a Mãe decide, sem martelo para bater sobre a mesa, nem sobre as suas ricas cabeças.
Ter que passar o dia inteiro a fingir que não sou uma cabra cruel de vez em quando, é cansativo, caraças. Muito cansativo. Libertemo-nos do estigma da perfeição e assumamos a nossa cabrice esporádica. Não é crime, é apenas humano.

11 comentários:

Naná disse...

De vez em quando abraço-a, sim!

Ana Cê, é por isto que tu és a minha guru desde que abracei a maternidade

Carla disse...

Paz na minha alma... tiene taaanta razon. Porque no escribe un libro con estas "Cronicas das nossas Cabrices"... parabens :-)

Raquel disse...

Oié!

Lipa disse...

Amén!

gralha disse...

Não sei do que falas, os meus filhos portam-se melhor a cada dia que passa. E isso não tem nada a ver com a chegada iminente do Pai Natal.

disse...

Escreve, Ana C.!!!
Eu por mim vou ficar à espera e vou querer ler todas!
Desde que descobri o teu blogue, olha, não passo sem a tua leitura ;)
Bj

triss disse...

Eu tenho perfeita consciência da cabra que há em mim, somos humanas caramba!

DNC disse...

Clap! Clap! Clap!

A Cor dos Meus Dias disse...

Adorei...é isso tudo e muito mais, uma aventura diária, escreve as cónicas vou estar cá para lê-las.

Sonhadora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sonhadora disse...

E imagina ser professora de 25 carinhas larocas , que nos exigem diáriamente sermos imparciais, integras, perfeitas ...Cansativo, ora se é!!!