sexta-feira, 21 de junho de 2013

enamoramento comestível

Agora a sério, quem é que querem enganar?
Juro-vos que não acredito em vocês, estoicos empreendedores de dietas que continuam a fotografar cada migalha de comida que consomem.
Que caso de amor é este com o alimento? Que caso de amor é este que vos leva a fotografar cada prato, cada detalhe comestível das refeições, por mais desengraçado que seja?
Isto não demonstra progressos na dieta. Demonstra apenas enamoramento pela comida e esse é o exacto problema que vos levou à dieta.
I Rest My Case.

9 comentários:

macaca grava-por-cima disse...

concordo! eu cá fotografo comida porque adoro comer e tenho plena consciência disso!!!

Naná disse...

Cada vez mais sou dessa opinião!

gralha disse...

Nunca tinha pensado nisso e é bem capaz de ser verdade.

Melissinha disse...

Tens toda razão. A obsessão pela comida (entra voz da Celine) goes on... and... on...

Madalena Sousa disse...

Obrigada!!! Obrigada!!!! Era isto que queria dizer...

Luísa Livros disse...

Humm... confesso que fiquei meio perdida entre pensamentos agora com o teu post... mas há um motivo forte... sou nutricionista!!;) lol É verdade!:) Eu fotografo comida muitas vezes, mas é por ok até tenho algum adoramento pela comida, mas acredita que muitas vezes tiro fotos de comidas / prato que vou comer para mostrar que comer de forma saudável é comer de tudo um pouco e nada de obsessões por calorias etc!! ;)

Ana C. disse...

Luísa Livros, só vens confirmar a minha teoria. Fotografas a comida por amor à profissão, ou seja, há uma relação de amor. No teu caso é profissional, mas no caso das pessoas empenhadas em prosseguir uma dieta é apenas amor ao alimento.
Nós tendemos a fotografar aquilo que amamos :)

Melissinha disse...

Amo fotografar comida.

Ana. disse...

Eu cá só gosto de fotografar coisas que me fazem mal!!Doces, especialmente doces! Mas depois fico cheia de sentimentos de culpa!!Tão parva, pá!