terça-feira, 31 de agosto de 2010

Charlotte Bronte


Das três irmãs Bronte a minha preferida.
Um dia, não muito distante, assim quero acreditar, pegarei em mim, nos meus pés e olhinhos e partirei à descoberta dos locais onde nasceram e viveram as irmãs Bronte, Jane Austen, Shakespeare e tentarei respirar um bocadinho do ar que respiraram.
É que eu tenho este fetiche por seguir os passos, as vidas, até os túmulos de pessoas que admiro, vasculhar fotografias, biografias, pinturas, cenários, casas, ambientes até à exaustão.
A Charlotte Bronte tem o condão de me prender da primeira à última página e de fazer das personagens apagadas, pouco bonitas e supostamente insípidas, minhas heroínas e portadoras de verdadeiros vulcões interiores.
Comprei um livro dela para ler nas férias e descobri que só não tenho tempo para ler os livros que não conseguem prender-me...

8 comentários:

Miguel disse...

Uma verdadeira apaixonada literária tu!
Mas sim, os livros ou nos prendem ou são uma seca!!

Poetic GIRL disse...

Eu adoro as manas Bronte, incríveis génios literários! beijocas

Madrigal disse...

eu também tenho esse sonho de visitar a casa onde elas viveram. Ainda só li a Jane Eyre, mas gostei tanto que quero ler tudo o resto. A Charlotte era uma mulher extraordinária.

a mulher certa disse...

Recomendas qual?

Lebasiana disse...

e é mesmo assim que tem que ser a leitura: apaixonante!

beijocas

gralha disse...

É isso mesmo. Também gosto muito de ler as irmãs Bronte (apesar de não o fazer há bastante tempo). Boas leituras!

Ana C. disse...

A Mulher Certa, recomendo a Jane Eyre, é claro!!!

_+*Ælitis in Paris*+_ disse...

O "Wuthering Heights" da Anne esta na minha "to read list" ;) dentro de alguns meses, comparo as manas (esta coisa é inevitavel, que seja com as Bronte ou com as Williams)