quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Dramas de Beleza ou Aqui também se usa Chanel

Entre as joias, diamantes e Ferraris, o Hugo ofereceu-me nos anos um conjunto de gel de banho, creme para o corpo e perfume Chanel. Nada de gozos nem de assobios invejosos, porque eu também tenho direito a ser absoluta e irremediavelmente fashion e, surpresa das surpresas, o perfume e seus sucedâneos não cheiram a velha gaiteira, são fresquinhos como gosto.
Problema nº1:
Não tenho coragem de lavar as partes baixas com o gel de banho Chanel, acho indecente.

Ontem queria ter comprado na Body Shop uma luva-esponja, daquelas que tiram as células mortas, porque tenho-as para dar e vender, principalmente na massa cinzenta, mas tive preguiça de ir à dita loja e acabei por comprar uma esponja com o mesmo propósito, mas rasca do Continente.
Problema nº2
Esfolei-me viva.

Hoje atingi o patamar mais reles de uma mulher fashion e comprei uma caixinha de roupa interior numa grande superfície/loja-tipo-feira. Cheguei a casa, abri a embalagem e as pintinhas amorosas na loja, haviam-se transformado numas bolas descomunais de velhota.
Problema nº3
Deito aquela merda fora, ou guardo para usar numa noite de incontinência?

4 comentários:

Melissinha disse...

esquisita, pá

Lia disse...

tb já me aconteceu...comprei um S todo giro na caixa e depois cheguei a casa e aquilo chega-me aos ouvidos... estão aí dentro de uma gaveta qqr, mas ponderei transformá-las em panos do pó!

gralha disse...

A menina está é a precisar de conselhos da Dedinho.

Li disse...

Se não der para trocar, deita fora, não se pensa mais no assunto!

:)