segunda-feira, 7 de março de 2011

A Depressão Cultural

Ontem fomos ao Museu de História Natural e ao Jardim Botânico.
Se há coisa que me deprime a valer é perceber o pouco que é investido na nossa cultura. E não falo de Teatros, nem Cinema, falo de coisas básicas como Museus.
É triste ver o Jardim Botânico completamente degradado, com edifícios ao abandono.
No Museu de História Natural, a pobreza total. Até as televisões que passam documentários, são velhos caixotes dos anos 80.
Nota-se o esforço para fazer alguma coisa decente com poucos meios, mas nestas merdas é muito difícil não ficarmos com a sensação de que ali há pouco, muito pouco para o que poderia haver.

5 comentários:

Joanissima disse...

Não posso concordar mais. Felizmente em alguma cidades as coisas tendem a melhorar mas muito muito aquem do que seria de esperar.

(tu e os teus juizos de valor... pfffff)

Melissinha disse...

Poucas vezes fiquei tão deprimida quanto da última vez que fui ao Convento de Cristo.

Melissinha disse...

Podemos agora lançar o debate: conventos e museus para condomínios de luxo, sim ou não?
















* Kidding. Ha.

gralha disse...

Felizmente, lá vão melhorando alguns. Mas esta deveria ser das ultimas prioridades num pais em bancarrota, na minha opinião.

persiana disse...

Estive lá no verão passado e até nem achei assim tão mau!!! devo ter o nível mt nivelado por baixo :(