sexta-feira, 11 de março de 2011

Tesouros



Carregas sempre contigo um saquinho, malinha de rodas, mochila, para onde quer que vás. Nunca percebi bem porquê, esta tua necessidade de levar qualquer coisa nas nossas saídas, ou a mochila praticamente vazia para a escola, mas é como se ali dentro fosse o teu conforto, um bocadinho da nossa casa.
Ontem, espreitei para dentro do pequeno saco que quiseste levar para o trabalho do teu pai, quando vos fui lá deixar e descobri, que achaste fundamental levar:
-Uma luva transparente de plástico da bomba de gasolina
-Um atacador de sapato
-Uma folha de papel amarela
-Um lápis
-Uma peça de lego
E não sei porquê, provavelmente, porque sou uma irremediável patética, apeteceu-me agarrar no teu saquinho e guardá-lo, como um tesouro meu, daqueles que se enterram, como uma cápsula do tempo e se re-descobrem mais tarde.
Apeteceu-me guardar-te assim, enquanto os teus tesouros são estes.

7 comentários:

Pekala disse...

na verdade ela é a Dora,a Exploradora e tem mesmo que levar a sua batpack:)

Ana C. disse...

Ó não Pekala, agora fiquei com a música da Backpac na tola!!! Aiiiii

Manuela disse...

Querida Ana, que ternura esse pedaço de mundo infantil!
Beijinhos e bom fim de semana :)

Pekala disse...

é que tu sabes lá se ela não terá que atravessar o Crocodile river ou a tall hill???gaja que é gaja tem que estar preparada!!!!

Melissinha disse...

Hoje peças de lego, amanhã cartinhas de amor. :)

gralha disse...

Adorável, a tua menina :) se a apanho, trago-a num saquinho comigo!

sofia disse...

até me emocionei!...
Um tesouro é ela!