sábado, 16 de abril de 2011

Então é isto que temos?

Agora a sério, vocês estão a gozar comigo, não é? Vá, deixem-se desse humor sádico e venham de lá os candidatos para governarem esta choldra.
O quê? Esses não são só a primeira parte do número de circo? São mesmo esses biltres que é suposto governarem a coisa?
E aquele senhor que quer bater com o martelinho no trono da Assembleia da Ré-Pública, não é um figurante do Vítor Hugo Cardinalli-secção-palhaços-tristes? Ele existe mesmo?
Ãh, ãh. Não há assim uma espécie de FMI que traga uma ajuda? Uma equipa sueca, ou norueguesa de malta que nos queira endireitar e devolver-nos um sentido de esperança?
Ah, não há? Boa. E onde é que eu ponho a cruz, sem sentir que estou a espetar com uma cruz no meu próprio lombo?
Ok, vou continuar a dar ao neurónio, pode ser que entretanto, me sinta mais iluminada.
Até a luz chegar, acabaram-se as notícias. É que uma pessoa frágil, é bem capaz de chegar ao final do mês e premir um gatilho na têmpora, só pelo simples facto de assistir a um telejornal por dia.

2 comentários:

Naná disse...

Ana C., como estou em sintonia com o que escreveste!...Dias há que acho que a classe política só pode estar a gozar connosco... o pior é que estes palhaços agora têm um palco internacional, e os srs. do FMI devem estar a abanar a cabeça em reprovação e a perceber como foi possível chegarmos a esta desgraça. E a concluirem que somos mesmo burros, para nos deixarmos governar por gente de "calibre"...

PP_FANTASMA disse...

É um circo em que não se paga bilhete! Mesmo como nós gostamos.