sábado, 14 de abril de 2012

Saudade em Sintra

Na vila mais mágica, mais poética, mais cinematográfica, mais misteriosa, mais bucólica, mais maravilhosa do país, uma casa de chá que a reflecte na perfeição e onde comi o mais gigantesco e saboroso scone dos últimos tempos, com doce de laranja caseiro.
A última vez que lá tinha estado, num fim de tarde de inverno, mal tinha conseguido apreciar, pois o António era pequeno, ia na cadeirinha e esta mal cabia no meio das mesas com tanta gente que lá estava. Mas hoje, caraças, hoje foi divinal :)
Se quiserem aproveitar este friozinho que ainda cheira a inverno, passem por lá.




Imagens gamadas da net.

6 comentários:

Melissinha disse...

é dos sítios mais lindos do mundo todo, o Saudade! Diferente, mas igualmente encantador é o Chá da Raposa.

Mad Hattress disse...

Parece maravilhosa! Vou tentar levar a minha Mãe para um cházinho!

Nocas disse...

Adoro o Café Saudade, sempre que vou a Sintra passo por lá. Parece que parámos no tempo e a simpatia com que somos recebidos faz-nos querer voltar sempre. :)

ann.dorinha disse...

È lindo de morrer! os donos são simpatiquíssimos. Eu adoro este café.

triss disse...

É muito bonito mesmo:-)

Naná disse...

Não conheço, mas já tinha visto referências feitas ao espaço que me despertaram o interesse.
Pelos vistos, as minhas suspeitas confirmam-se!