quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Austrália Nunca Mais



Uma convenientemente enviuvada Nicole Kidman viaja até à Austrália onde se depara com uma cena de porrada num salloon e dá de caras com um galã suado e valente que a vai conduzir até casa. Ai como ela o odeia, ai como ele é tão brutamontes. (onde é que eu já vi isto? Talvez em mais de um milhão de filmes)
Depois há uma manada que tem que ser conduzida. Quem poderá conduzi-la? E eis que passa a galope no seu cavalo esse galã suado e valente de dentes a reluzir ao sol. Depois de muitas e convenientes dificuldades, ele lá cede e acompanha a bela Nicole nessa épica condução de vacas pela Austrália.
Há um nativo que aparece sempre em posição de Yoga (tem que ser um aborígene, porque na Austrália não são Índios) e uma bela criança mestiça cheia de frases enigmáticas e de ensinamentos. Ai que comoção.
Depois o amor, Nicole boca de botox e Galã suado amam-se e trocam juras de amor, mas ele foi magoado no passado e não suporta a ideia de poder voltar a sofrer no presente, por isso parte em direcção ao sol posto com as suas vacas. Nicole chora, mas é valente.
No final, ele julga-a morta pelos malvados japoneses, mas não. Ela vive!!! Aleluia!! Que lindo.
Vou passar a explicar porque é que cada vez que vou ao cinema para ver um mau filme, fico lixada.
É que eu hoje em dia vou muito pouco ao cinema e gostava de acertar em cheio de cada vez que vou.

E depois o cartaz do filme, claramente uma cópia de E Tudo o Vento Levou. Por favor, que ofensa!

5 comentários:

Melissinha disse...

Grrr vou-te dar um calduço! :P

Melissinha disse...

Em resposta: também acho Gabriel lindo de se dizer, muito sonoro. Mas tenho um pé na lamechada desde que nasci e não imagino putos sem diminutivos, que se há de fazer...

Também gostei muito de te conhecer e de trabalhar contigo, és o tipo de colega generosa a que estou habituada - tenho uma data delas e hoje somos uma verdadeira família. Ainda falam mal das gajas que trabalham juntas!

Bem, vou mas é sair deste tópico, que agora me lembrei que falaste mal do meu belo Australia, pessoa vil! :P

silvia disse...

Bem, se já não me convencia mt este filme acho que agora não convence de certeza =)

McSleepy disse...

Não vi o filme. Já ouvi críticas positivas e outras, como esta, negativas. Do Baz Luhrman só conheço o "Moulin Rouge" de que gostei bastante.
Mas como não tenho tempo de ir ao cinema, não devo ver isto antes de ser editado em DVD, nalguma (rara)noite que esteja de folga!!!
Obrigado pela visita, volta mais vezes!!!

Ana C. disse...

A Grande diferença entre este e o Moulin Rouge, ou mesmo o desastre Romeu e julieta. É que nestes dois últimos ele não teve medo de assumir a extravagância, a irreverência e no Austrália quis fazer uma coisa séria que lhe saiu completamente ao lado.