segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Ai as Minhas Cruzes, Ai a minha Rica Vidinha, Aiiiiiii

Se durmo de lado dói-me a anca. se durmo para cima não respiro, de barriga para baixo impossível, sentada tenho fechado os olhos por uns minutos, até a cabeça começar a balançar.
Se fico de pé picam-me os pés. Se fico sentada picam-me os pés e as pernas.
De cada vez que me levanto dou os primeiros passos a coxear com uma dor num sítio que ainda não defini.
Se como demais, se ando demais, se falo demais falta-me o ar.
Se me emociono não lacrimejo afogo-me em lágrimas.
Se me dizem que estou inchada sinto-me um monstro, se me dizem que estou elegante grito que me mentem.
Olho as minhas calças de ganga estilosas da Replay abandonadas no armário e sinto o peso do tempo que durará a nossa separação.
Nada, repito, nada serve de abrigo à minha barriga que desponta sempre por debaixo de cada trapinho inútil. A minha vaidade impede-me de sair à rua descalça, por isso lá vou desapertando os ténis mais um bocadinho todos os dias.
E assim se passa a última semana de gravidez. Se me vierem com a conversa de que vou ter saudades deste estado de graça sei precisamente o que fazer. Qualquer coisa que envolva uma panela e uma cabeça...

12 comentários:

Melissinha disse...

fim de gravidez é uma boa "aquilo que o gato enterra".

Lia disse...

já só falta uma semana...aguenta!

gralha disse...

Devia mesmo haver um "subsídio de indignidade" pago pelo Estado, pelo nosso marido, seja lá quem fôr... Quem merece isto, quem???

Melissinha disse...

gralha dixit.

ML disse...

Estás quase a tê-lo nos braços! ;)

Ginguba disse...

Tadinha... pronto,pronto! Já tá quase!

Sílvia disse...

Ai até eu me sinto mal por ti, tá quase quase :)

beijinho****

Lebasiana disse...

lol... lol... lol... CREDO! o meu pedro nasceu no inicio de setembro... lol... aquele mês de agosto! ui! ui! ui! quando me lembro ATÉ ME ESQUEÇO! lol

aguenta... inspira... expira... inspira... expira...

jocas

Ana. disse...

Relax... it's just a phase!!

Tadinha!! Sinto as tuas dores, juro!!

;)

Eva disse...

Nunca passei por essa situação mas sempre pensei que quando acontecesse iria tentar adoptar a fórmula que sempre usei para quando vou ao dentista..."Mais tarde ou mais cedo acaba"
Beijinhos e, à francesa, "bon courage"!

Ju disse...

Como te compreendo...ainda vou no quarto mês, sim leste bem 4º mês (e acredita que não sou uma paridinha)e já tenho falta de ar, cansaço e pouco espaço para alimentos. Estou grávida de gémeos e por esta altura, quando foi da gravidez da minha mais velha nem barriga tinha!
Uma hora pequenina e paciência para esta ultima semana, já falta pouco!

Precis Almana disse...

Está quase, quase. Quanto a dormir de barriga para cima, e se não estiveres nem sentada nem deitada? Com almofadas atrás das costas? Não ajudará? Pelo menos, fechas os olhos...
A banana já não resulta para dormires de lado?