domingo, 3 de janeiro de 2010

Meninos da Mamã 2

Sempre desdenhei das mães de rapazes que contribuem para a crescente taxa de meninos da mamã no nosso país. Elas ensinam os rebentos nada mais nada menos do que a arte de dependerem da mãe para tudo, de compararem cada mulher à sua imagem, de manterem uma espécie de cordões invisíveis que os prendem à sua asa, mesmo quando já passaram dos 40. Elas tecem teias tão fortes e misteriosas que impedem a cria de voar do ninho, mesmo quando já tem barba, pelos nas pernas e voz grossa.
Os meninos da mamã não sabem lavar roupa na máquina, passar uma camisa a ferro, cozinhar uma refeição sem perguntarem à mamã como é que ela faz.
Os meninos da mamã comparam as refeições da mulher com as da mãe, nem que se trate apenas de uma simples torrada. Enfim, eu nunca gostei de meninos da mamã. Aliás, estou profundamente convencida de que eles são o motivo pelo qual o nosso país não anda para a frente. E agora, bem agora, prestes a ser mãe de menino estou à rasca.
Será que vou conseguir quebrar a tradição portuguesa e obrigá-lo a fazer a cama?
Será que vou conseguir fugir à tentação de querer ser a protagonista eterna na sua vida?
Será que vou conseguir ser uma sogra porreira, controlando-me para não esvoaçar como uma melga em redor das relações do meu bebé (ahahah)?
Estou preparada para pagar pela boca, até porque nunca fiz nenhuma destas perguntas quando estava à espera da minha filha e isto só pode ser um sinal que já ultra pergunto, ultra protejo, ultra esvoaço em redor do menino...
Ai cruzes o que será de mim se não ensinar o meu filho a programar uma máquina de lavar roupa?

30 comentários:

EU_SOU_EU disse...

engraçado...pois a minha mae...tem 2 meninos e uma menina...e a realidade..é que quer eu quer o meu irmao...fomos desde tenrinhos...ensinados..a nao depender dela...fomos ensinados...a cozinhar...o minimo...a passar a ferro...a lavar a roupa...a limpar a casa...ou pelo menos o quarto...ao contrario da menina...que devido ao facto de situação financeira da familia ter melhorado ao longo dos anos..e da menina ter 10 anos de diferença para mim..que sou o do meio...esta sabe fazer mesmo o indispensável...pois desde que nasceu que temos uma mulher a dias\ama...mas não divagando...a tua proteção será constante...mas podes e deves tentar que o teu rebento..seja um menino da mamã..dentro dos limites...pois...nós não somos Burros ou demasiado egoistas...para que não façamos o que as mulheres fazem...
aliás a unica coisa que não fazemos...ainda é ter filhos...heheheh

mena disse...

questão pertinente, de facto... também vou ter um rapaz e ainda não sei muito bem como me vou desenrascar, habituada que estou à rapariga cá de casa. mas que vai ser o meu menino da mamã, isso vai, mesmo que aprenda todas as lides domésticas, cozinhados incluidos. não quero saber. agora não, pelo menos :)

Lia disse...

olha, a sra minha mãe sempre teve pulso de ferro com o meu mano! DEsde muito pequeno que é ele que arruma o seu quarto e faz a cama e tudo e tudo. Se foi mais mimado que eu, por ser rapaz, duvido! Foi mais beneficiado por ser filho mais novo mas não por ser rapaz!

Já o meu namorado...enfim, em casa até se desenrasca bastante bem, mas lá que tive que meter um travão à "sogrinha" ai isso tive senão morava connosco!

Miguel disse...

Pois é, life's a bitch!
;)

Nina disse...

Lol! Palpita-me que vais ter alguma dificuldade para não te deixares vencer pela mãezite aguda dele.
Eu tb detestaria ser uma pessima sogra:)
bji

Lady [mãe] disse...

podes conciliar. dar mimo até fartar e ensiná-lo a ser um rapaz independente. a protagonista serás sempre mas isso não tem que ser mau. se má sogra depende de ti e não dele.

beijos da mãe de um menino.

e parabéns. acredita que é um amor magnífico - tão grande como o de uma menina mas diferente.

Ana C. disse...

Eu sou Eu penso que as mentalidades estão a mudar e isso já se vê em muitos jovens que dividem tarefas com uma naturalidade que não havia noutras gerações. Fico contente por a tua mãe vos ter ensinado o básico de sobrevivência, mas não me assustes, pois não quero acreditar que vem aí uma enchente de meninas da mamã...

Ana C. disse...

mena eu estou certamente no teu rumo. Os meus pensamentos voam até lá à frente, quando ele for um bocadinho mais crescido ;)

Ana C. disse...

Lia é bom ver que as mentalidades mudam sim senhora. Não em todas as mães, mas já em muitas da geração das nossas. AGora cabe a esta geração marcar a diferença ;)

Ana C. disse...

Miguel seu engraçadinho...

Ana C. disse...

Nina eu sou mãe galinha, sei disso. Mas penso que a galinácea que há em mim tem que saber levantar as asas e deixar sair as crias debaixo delas quando chegar a altura...

Pekala disse...

mas é claro que vais ensinar-lhe tudinho,eu já ando a tratar disso cá em casa,quero que o rapaz saia desta casa a saber fazer tudinho!Pá,a parte da sogra porreira é que já não sei:D

Xaninha disse...

a minha sogra estragou o meu marido!!
ele nao come fruta, sem que esta esteja descascada...
só come uva sem greínha...

merdices assim...

e na cozinha? zero...
faz ovos mexidos e papas cerelac...
enfim...

Ana C. disse...

Querida Lady espero que os meus filhotes saibam sempre, independentemente de tudo o que aconteça que o meu mimo e o meu amor serão uma constante nas suas vidas. A minha casa o refúgio de todas as tempestades. Sei que demonstrações de amor não impedem de forma alguma que cresçam fortes, muito pelo contrário. Só não quero é cair no erro de resguardar o meu filho de deveres, tarefas e responsabilidades só porque é menino...

Ana C. disse...

Pekala felizmente que a nossa geração já anda a mexer os cordelinhos para mudar mentalidades, fico contente por saber que há aí um rebento a aprender de tudo, sem descriminações pela positiva :)

Ana C. disse...

Xaninha ahahahahahahaahahahaha tu casaste com O Menino da Mamã. Não te invejo a sorte. Eu dava-lhe a fruta descascada.
*Mas olha que fazer uma boa papa cerelac tem a sua ciência ;)

Disse disse...

Sou gajo para dizer que é ser mãe do menino da mamã até aos 8 e depois desmamá-lo. Assim a coisa é gajo para funcionar. Para mim funcionou. Fui menino da mamã.... até a minha irmã nascer....

continuando assim... disse...

ai!!!! bom...ele lava a roupa à mão !
mas mãe é mesmo assim ....eu que o diga :)

bj
bom ano
teresa

Melissinha disse...

Se não ensinares tu, ensina o homem da casa! Não são só as mães que fabricam os meninos da mamã, são as mães e os pais.

Maria Manuela disse...

O Tempo o dirá.

Mas olha que um menino da mamã que saiba fazer um bocadinho de tudo em casa acaba por ter a vida mais facilitada.

:)

Marina disse...

Até podes ensiná-lo a fazer a cama, mas irás adorar que ele seja um menino da mamã!!! ;P

Ana C. disse...

Disse Once Menino da Mamã, Always Menino da Mamã...

Ana C. disse...

Continuando assim, mãe portuguesa é mesmo assim, portuguesa ;)

Ana C. disse...

Melissa então e se o pai for menino da mamã, tratado como tal pela mulher?
Mas sim, o pai deve dar o exemplo.

Ana C. disse...

Maria Manuela sim, o tempo o dirá e eu prometo que me vergastarei se não o ensinar a programar a máquina da roupa ;)

Ana C. disse...

Marina será? Hmmmmm, eu já não digo nada ;)

gralha disse...

É claro que vais fazer com o filho o mesmo que com a filha. Por que é que havia de ser diferente? Pronto, não estou à espera que lhe faças a depilação quando começar a surgir um ligeiro buço :P

Precis Almana disse...

Mulheres assim é que são machistas.
Nós somos 4, dois e duas. E eles sempre fizeram tudo, até porque uma mãe de 4 não tem tempo para andar a tratar de todos. E um dos meus irmãos trabalha na TAP desde o fim do curso e foi sempre ele a passar as camisas enquanto viveu lá em casa... Mas olha, o meu pai ia connosco todos de férias, sem mãe - que ia lá ter aos fins-de-semana porque assim podíamos mais ter mais tempo de férias (com meses desencontrados); ou seja, se calhar tem uma componente genética...
E lembrei-me de um post futuro :-)

Ana. disse...

Pois eu sempre fui menina do papá!
E é muito bom!
Sei pregar um prego, mudar uma lâmpada, até abrir um qualquer electrodoméstico para mudar fusíveis ou pequenas pecinhas!!
Sei acender uma lareira, pintar uma parede, jogar snooker e apreciar uma boa cerveja!

Além disso, o meu nível de exigência para com os homens sempre foi muito alto!
Sim, que os papás também dão o exemplo!!

E casei com um menino da mamã! É uma dupla imbatível!

;)

Cat disse...

É por isso tudo que dou graças aos ceús por ter conhecido o meu marido que de menino da mãmã não tem nada e que teve de aprender a fazer tudo quando veio para Coimbra estudar com 17 anos. Hoje passa camisas melhor do que eu, cozinha melhor do que eu e não se atrapalha com nada que haja para fazer; dou graças aos ceús por ter um pai que nada tem de menino da mãmã porque como irmão mais velho de 5 e com uma mãe sempre doente desde cedo aprendeu a cozinhar, limpar, arrumar sem depender de ninguém. Com tão bons exemplos e com a educação para a igualdade que procuramos dar-lhe acredito que o meu filho não será um menino da mãmã porque também me irritam a valer!