sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Esta Noite Foi Assim

Choro, muito choro desconsolado. Narinel, mais choro, soro fisiológico, mais choro, água, gritos.
Perto das 4 da manhã adormeces e nós caímos na cama, deixando jorrar a baba que escorre das nossas bocas esgotadas. As lágrimas de exaustão caem sobre a fronha.
4.30 A tua irmã começa a tossir. Codipront. A tua irmã continua a tossir. Mudamo-nos para o quarto dela. A tua irmã continua a tossir, chora porque tem ranho, chora porque tem tosse, chora porque tem sono, chora porque sim. Tu choramingas no nosso quarto.
Revezamo-nos com a tua mana ao colo, porque só assim a tosse acalma. O teu pai fica caído nos pés da cama dela, eu caio na minha cama.
Adormecemos às 6 da manhã.
Às 7.30 começas a acordar e às 7.45 aparece a Alice e eu penso que é, que só pode ser um pesadelo. Ninguém é tão maléfico ao ponto de me obrigar a levantar da cama quando não dormi. Mas ninguém quer saber do meu praguejar, das minhas dores de cabeça, da minha ressaca pura e absoluta de sono. Ninguém quer saber do que sinto eu, por isso levanto-me e retiro ranho dos quatro orifícios nasais, dou chapadas na minha própria cara, ponho a fazer o café para injectar na veia. O teu pai continua adormecido na cama da tua irmã e quando acorda queixa-se de dores de garganta e de podridão geral.
Eu só penso que quero desmaiar e quero que me levem para o hospital preocupados comigo.
Eu só penso que algures nas constipações dos miúdos conheci a loucura e voltei. Será que voltei?
Um miúdo ranhoso é do caraças. Os dois em simultâneo é tortura satânica.

8 comentários:

Crente disse...

Detesto estas alturas em que os narizes estão quase sempre entupidos... É tortura para ti, com 2 narizes de cada vez. Força!

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Se um já é uma tortura, quanto mais dois. Eles andam todos assim...É bom teres um marido que te ajude assim. As melhoras.

Sonhadora disse...

Lembro-me tão bem dessas situações! De quando um bébe por fim se calava,ás 4 h da manhã...depois de uma noite torturante, começar o mais velhinho a vomitar...parece inacreditável, mas é assim...Resultado ninguém dorme...vá lá que o marido colabora...no meu caso tinha pouca ajuda desse lado...
Um beijinho e depois essa fase passa...agora os meus são dois matulões de 18 e 22 anos...

MARIINHA disse...

Ai AnaCê, não sei o que te diga. Foi dose dupla. Coitada de ti e do pai.Quando são pequenitos é muito chato tudo isso. Quem têm filhos já passou por situações dessas, mas logo te calhou os dois ao mesmo tempo.
Oxalá hoje te deixem dormir.
As melhoras das criaturinhas.

Ana C. disse...

Obrigada meninas. Não me canso de dizer que tenho as mais compreensivas leitoras do mundo. A Alice pegou a constipação ao António, daí a dose dupla e hoje além deles também já está o Hugo. Aguardo pacientemente a minha vez.

gralha disse...

Cruzescanhoto que nem quero sonhar quando esse brinde me sair! As melhoras de todos e espero que consigas descansar no fim-de-semana. Bjs

Naná disse...

Ana C., força! Aproveita quando eles aterrarem para dormir a sesta! Não vais ter outra oportunidade de recuperar dessa ressaca.
Eu tive disso com o F. e dizia que morria... 2 ao mesmo tempo é mesmo de enlouquecer!
E tenho a mesma sorte que tu tens, de ter um pai que divide de igual para igual essas tarefas!

Ana C. disse...

Naná, eu não concebo um casamento onde não se partilhem os deveres mais básicos e quanto a mim, os filhos é do mais básico que existe caramba. Tenho uma admiração sem limites pelas mães solteiras, pois só de imaginar passar um par de noites como as que tenho passado, sem o Hugo para dividir tudo, não sei...
Se ele ousasse ficar a dormir, enquanto a Alice, ou o António se esganavam de tanto tossir levava com os utensílios de cozinha, mais as ferramentas de bricolage todas na cabeça.