segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Eu dou-vos as mantinhas

Sempre fui uma pessoa de Inverno e de frio. Mas tudo isso tem vindo a mudar, juntamente com as doenças e achaques infantis directamente ligados a essa altura do ano.
Agora vejo-me sempre a ansiar pelo verão, pelos pés descalços sem stress, pelo sair à rua com dois trapos, pelo dormir sem edredãos, nem preocupação de ir tapá-los durante a noite.
As sucessivas doenças infantis deram cabo de toda a minha paixão pelo Inverno.
Tal como eu já pressentia, e depois de um verão santo, com o Outono não vieram as folhas e as mantinhas e o quentinho do lar. Com o Outono veio a merda do ranho.

7 comentários:

gralha disse...

Exacto! Em Portugal, só podemos gostar do Outono/Inverno se não tivermos crianças pequenas e se vivermos numa casa bem isolada e devidamente aquecida.

Rainha disse...

Também já gostei muito mais do Inverno. E depois de um Verão em que as crias andaram tão bem até tenho medo do que aí vem...

Melissinha disse...

Em Portugal só podemos gostar de Outono/Inverno se tivermos dinheiro, uma quantia idiota de dinheiro para aquecer a casa. Chega Outubro e começo a ficar existencialista.

Ana. disse...

Pois, vês, eu começo a pensar o contrário! Verdade que não tenho crianças com mucosidades nasais(!!), mas o frio moderado começa a parecer-me mais confortável e aconchegante!
...

sonho disse...

E não é que bastou um dia mais fresco e já começaram os espirros? abaixo com o frio...para bem dos pequenitos!! e da nossa sanidade mental..

sonho disse...

E não é que bastou um dia mais fresco e já começaram os espirros? abaixo com o frio...para bem dos pequenitos!! e da nossa sanidade mental..

Sara L. disse...

E o que fazer para que eles se mantenham tapados durante a noite? Já me começa a parecer uma missão impossível... :(