quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Expliquem-me como se eu fosse muito burra

Por favor estou cheia de medo de ter tido uma greve geral convocada pelos meus 3 neurónios, por isso a quem me souber explicar peço ajuda.
Acabei de ver nas notícias que uma rapariga vítima de bulling e suas agressoras foram sujeitas a uma pena (escolar) de 6 dias de suspensão com pena suspensa.
Duas perguntas:
1 - Porque raio é que a agredida e as agressoras levam com a mesma pena?
2 - É só a mim que me soa estranho suspensão com pena suspensa?
E eu a pensar que estas pérolas de justiça só aconteciam nos tribunais. Parece que começa tudo na escola...

13 comentários:

Melissinha disse...

Suspensão com pena suspensa?
hahahahhaah
ó pá.

Daniel Monferrato disse...

A justificação para a pena da agredida, baseia-se no facto desta ter dado uma estalada às agressoras para se defender.

Quanto à suspensão com pena suspenbsa, quando ouvi achei hilariante! Mas há que começar a instruir os futures juizes desde cedo...

Chocolate disse...

sabes acho que até estas coisas "começam desde pequenino"...

Ridiculo!!!

bjs

Raquel disse...

Gostava de te explicar Ana, mas antes disso preciso que alguém mo explique a mim!... como se eu fosse muito, muito, muiiiito burra!
* suspensão com pena suspensa??? ahahah!

laetitiasweeneyrose.wordpress.com disse...

Bem essa realmente está boa está!

Ana C. disse...

Melissa juro e vi em dois canais diferentes, por isso não foi engano jornalístico...

Ana C. disse...

Daniel eu ouvi a justificação e pareceu-me tão idiota que não justificou nada na minha cabeça. Quem se defende de uma agressão não pode levar com a mesma pena de quem agride, mas isto sou eu, um bocadinho parvinha que acho ;)

Ana C. disse...

Chocolate nem mais ;)

Ana C. disse...

Raquel só rindo mesmo, aliás, só sorrindo que fica mais belo ;)

Ana C. disse...

Laetitia é surreal...

Cat disse...

É tudo tão rídiculo que mete medo!

Cat disse...

Ah e outra coisa que me assustou para além do palavreado palerma foi o facto de umas quantas miúdas não terem mais do que fazer senão juntarem-se num grupo para desancar outra... Claro que a pena para a legítima defesa não deveria ser a mesma que para a agressora mas lá está a (in)justiça portuguesa já começa na escola!!!

Euzinha... disse...

São as coisas do nosso "Portugalinho" hahahahahah
Realmente!! Eu também vi uma das reportagens sobre o caso e das duas uma: ou somos todos muito (mas muito mesmo) ignorantes para não entendermos o 'significado' desta pena ou uma suspensão com pena suspensa é no mínimo...ha...tipo...surreal??...

ahahahahaha

*Jokinhas*