quarta-feira, 7 de julho de 2010

Quando me Olhas Assim

Quando me olhas assim, todas as equações de razão que fiz até hoje perdem o sentido e diluem-se nesse teu olhar pequeno, mas firme.
Quando me olhas assim, do fundo desses olhos ternos, sei que todas as contas que deitei à vida antes de ti jamais me dariam esta resposta.
Quando me olhas assim, tenho a certeza agridoce que antes de ti não era ainda completamente eu, que precisei da tua presença para ser esta pessoa que tenta guardar-te.
Quando me olhas assim, os prós e contras que desenhei com afinco antes de te decidir, esbatem-se num único sentimento e sorrio com a tentativa de tantos em racionalizarem o que se sente.
Quando me olhas assim, a transbordar alegria por mim, fecho os olhos e tento reter-te, a tua imagem, o teu cheiro, o teu som, pois sei que, apesar de ser ainda eu, sou também um bocadinho tua.
Queria ter-te escrito dia 4 de Julho e dizer-te que estás connosco há 5 meses (e comigo há 14) mas sabes como tem andado a nossa vida aqui em casa, sem tempo e cansada´pelas rotinas de todos.
Hoje fazes 5 meses e 3 dias e é um dia tão bom como qualquer outro para te celebrar meu amor.

7 comentários:

a mulher certa disse...

Bonito texto.

Maria disse...

Que ternura.

:)

MARIINHA disse...

Lindo!
Um beijinho para o aniversariante dos 5 meses e 3 dias. Também um beijinho para a mãe AnaCê, que está rendida de amor pelo seu António.Ela que deitou tantas contas à vida antes de o fabricar.Os mais velhos por aqui sabem. Outros filhos que tivesses será sempre assim. Coração de mãe é elástico. Cabem todos e o amor é igual.

gralha disse...

É que esta fase é tão boa que dá vontade de os roer! Parabéns ao António pelos 5 meses e 3 dias :)

mãeee disse...

Tanto amor espelhado nas tuas palavras.
Parabéns António, hoje e em todos os outros dias
beijo grande em ti

Sonhadora disse...

Linda e comovente história de amor!
Bela e ternurenta que muitas de nós assinariam por baixo. Quem não sentiu esse amor transbordante, único e indescrítível que é o amor materno?
Mas tu descreve-lo muito bem . Muitos parabéns para a mãe e o filho inundados num amor radioso e intemporal.

Sonhadora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.