sábado, 3 de novembro de 2012

Estávamos escritos

Estávamos escritos.

Não porque as estrelas nos traçaram o rumo.
Não porque um punho divino nos desenhou os dias.
Não porque o destino o decidiu.
Estávamos escritos,
porque nos escrevemos assim, um do outro.
Nunca acreditei em histórias de amor predestinadas, nem nos passos que dizem dar por nós, nesse estranho caminho de amor.
Mas acredito que nos escreveram e que, por isso, passámos a escrever-nos, como se sempre nos tivéssemos falado assim, através das missivas que nos endereçaram um ao outro por engano.
Aprendi que se ama por aquilo que somos quando escrevemos.
Aprendi que não há essa coisa de se ser distante daquilo que se escreve. Quando se escreve por amor, somos exactamente aquilo que escrevemos.

5 comentários:

Silvina disse...

Que bonito. Adoro uma boa lamechice logo pela manhã ;)

Silvina disse...

Que bonito. Adoro uma boa lamechice logo pela manhã ;)

Silvina disse...

bis (?!)

Ana C. disse...

Bis é bom!

Melissinha disse...

Bis não é bom, bis é delicioso!

http://www.google.pt/imgres?hl=pt-PT&sa=X&biw=1143&bih=671&tbm=isch&prmd=imvns&tbnid=-xsqceNNpqiVjM:&imgrefurl=http://www.facebook.com/chocolatebis&docid=T14rHslDoVkNWM&imgurl=http://sphotos-a.xx.fbcdn.net/hphotos-prn1/c99.0.403.403/p403x403/76640_478073192236740_592108087_n.jpg&w=403&h=403&ei=SISVUJzmMIKThgfq6YGoAQ&zoom=1&iact=rc&dur=360&sig=107778756122746573435&page=1&tbnh=149&tbnw=204&start=0&ndsp=15&ved=1t:429,r:1,s:0,i:98&tx=13&ty=99

Mais, Casacón!