sexta-feira, 16 de novembro de 2012

reticências

Se tenho dias em que acredito na força cósmica do universo. Outros tenho em que penso que o acaso é o único mestre nisto da vida e que essa merda do universo que  nos traz e nos leva o bom e o mau, em directa proporção com as nossas energias, foi inventada por alguém sob o efeito de drogas leves, ou embriagado consigo próprio.

3 comentários:

Silvina disse...

Ou por alguém desesperado para dar um sentido à existência...
;)

Melissinha disse...

Talvez no Grande Esquema das Coisas, tudo se explique (se é que há um Grande Esquema das Coisas).

Ana. disse...

Essa cena da força cósmica comicha-me um bocado. Onde fica o livre arbítrio?
Não achas que quem inventou esse conceito queria na verdade isentar-se de culpas pelas merdas que foi fazendo na vida?
Humph...