sábado, 12 de janeiro de 2013

O que não nos mata, torna-nos mais fortes

Sempre tive dúvidas em relação a esta frase.
Umas vezes acho que sim, absolutamente sim.
Outras vezes sinto que nos torna mais frágeis e com tiques nervosos.
Outras tantas, sinto que nos deixa em coma.
Nada é linear, nem mesmo as frases que parecem feitas para nós.

5 comentários:

Silvina disse...

Também sinto uma certa ambiguidade em relação a essa frase. Gosto mais da noção de ir acumulando experiências e aprendendo do que a pessoa se tornar forte / fraca. Irrita-me ligeiramente a dicotomia... ;)

Ana C. disse...

Silvina, tem dias, tem fases, tem alturas. A força e a fraqueza são conceitos vagos para mim...

Naná disse...

Eu encaro-a com algum fundo de verdade, porque de um certo modo, acaso te suceda algo parecido, já não te vais tanto abaixo e lidas melhor com a coisa... mas há coisas que não nos matam, mas deixam-nos muito próximo da Reaper...

Melissinha disse...

Prefiro vida mansa e fraqueza todos os dias

Rainha disse...

Estou com a Melissa...