terça-feira, 18 de agosto de 2009

Coitadinha

Porque é que certas pessoas (a minha avó incluída) gostam de acrescentar um "Coitadinha" a cada frase que proferem? Passo a exemplificar:
- Tão bonita que a Alice está coitadinha.
- E tu como é que estás Ana? Mal claro coitadinha.
- Não gostas da comida que fiz, pois não? Coitadinha, devia ter feito outra coisa.
- Está-se a rir, olha coitadinha tão querida.
- Coitadinha olha para ela, tão feliz...
Ou seja, mesmo quando vê alguém feliz foge-lhe a boca para o Coitadinha.
Será apenas um tique nervoso, ou simplesmente uma incapacidade crónica para ver ver o mundo sem uma desgraça qualquer inerente?
Gostava de entender a sério que sim...

31 comentários:

Kitty disse...

Eu só costumo usar o "coitadinha" quando alguma amiga minha me diz que sofreu uma decepção com o tamanho de uma pilinha :S esta solidariedade feminina leva-me a usar o "coitadinha" :S

Depois o grau do "coitadinha" varia consoante o tamanho da pila.
Uma pila invisível - desgraçadinha
Uma pila pequena - coitadinha
Uma pila médica - coitada
Uma pila grande - és uma mula cheia de sorte.

Naná disse...

Ora o meu pai então ainda acrescenta ao coitadinha o pobrezinho... Então quando vê o neto é sempre: "pobrezinho do menino, coitadinho, que é tão bonito!"
A minha sogra é que se passa com ele, porque diz que o F. não é nem pobrezinho e muito menos coitadinho!
E eu subescrevo!

Melissinha disse...

O pediatra do Gabi diz "coitadinho" para "fofinho".

Miepeee disse...

A minha avo era exactamente assim. O meu pai proibio-a de dizer isso, ela de vez enquando deixava escapar mas sempre que ele nao estava la voltava o "coitadinha" ;)

HannaH disse...

a minha avó é igualzinha!!!! dá-me a volta ao nervoso!! e tb gostava de ter uma explicação para a coisa!!

Kitty disse...

Eu disse uma pila médica???? OMG!!! llllllllllllllllllllloooooooooooooooooooooooooollllllllllllllllll

Ginguba disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ginguba disse...

E agora a kitty foi responsável pelo meu ataque ataque de riso incontrolável NO TRABALHO!!!
E não é suposto eu estar na net no trabalho!
Pila médica é do melhor...ai que eu vou ser despedida...
AHAHAHAH

Angelik disse...

Ora há pessoas que é coitadita e há outras, como é o caso de alguns que conheço que é "Tadito" ou "Tadita"...
A culpa é do Fado, Destino amargurado, sorte "marreca" que é ser português...
Digo eu, sei lá!

a do lado ! disse...

Lol, coitadinha da tua avó !=p

Maria Manuela disse...

Eh pá se há coisa que me deixa com o canário aos saltos é esse discurso. Coitadinho do teu irmão que nasceu burro (leia-se estudar dá um trabalho do caraças), coitadinho que teve que emigrar (leia-se vou ali viver para Dublin longe da mãe e comer umas checas!), coitadinho que não tem sorte (leia-se vou fazer umas sérias do carago a Londres e estoirar o plafondo do cartão de crédito com umas malucas!), and so on..

Coitadinho é corno, minha amiga!

:)

Maria Manuela disse...

Ah e o "pobrezinho" ????


Aí solta-se-me o canário todo!

MARIINHA disse...

É verdade que há muitas pessoas, que estão sempre a dizer, "coitada" "coitadita" coitadinha". E quando se pergunta se estão boas? Raramente nos respondem que estão bem. Vê lá, se não é. "Vou indo", "vou andando como Deus quer", "cá ando até um dia", "ando muito mal", "cá vou andando com a minha cruz", "tenho estado muito em baixo" e por aí fora.....
O que me ri com vocês. E já agora vou perguntar à Kitty, o que é uma pila médica. Ai vou vou!

Kakia disse...

A minha avó é igual...

Banita disse...

A minha avó também me dizia isso e um dia perguntei-lhe o porquê, ela respondeu-me que era um estribilho! Algo que estamos sempre a repetir, sem nos darmos conta! O meu estribilho é o "entendes/compreendes?" precedido de várias afirmações/explicações. Há pessoas, que constantemente repetem o "portanto", outros é o "talvez", "mais também" (um prof meu brasileiro que a cada 3 palavras, 5 eram "mais também"!! LOL e por aí fora... e tu Ana, qual é o teu estribilho, tens noção? Se não, pergunta aqueles que estão mais próximos, eles sabem de certeza! ;)

Ritinha disse...

Tenho uma colega de trabalho EXACTAMENTE assim!!!! LOL!!!

Ana C. disse...

Kitty AH AH AH AH AH AH AH AH AH
É toda uma outra visão do coitadinha sim senhora.
Agora quanto à pila grande não sei se é uma mula cheia de sorte, imagina que aquilo é do tamanho de um carvalho?

Ana C. disse...

Naná eu também me passo com o coitadinho sim...

Ana C. disse...

Melissa o pediatra do Gabi é um chato!

Ana C. disse...

Miepeee com a minha avó, não vale a pena proibir, só com fita cola na boca...

Ana C. disse...

Hannah eu acho que é tique nervoso...

Ana C. disse...

Ginguba a Kitty é uma PEDRA!!!!

Ana C. disse...

Angelik não te esqueças do tadixa...

Ana C. disse...

a do lado, coitadinha de mim que tenho que levar com a vitimização...

Ana C. disse...

Maria Manuela das duas uma, ou as nossas avós são a mesma pessoa, ou foram separadas à nascença. Eu também tenho uma irmã desgraçadinha, ou melhor, desequilibrada, a quem temos que dar o desconto a tudo o que faz, mesmo quando tem uma vida de princesa...

Ana C. disse...

Mariinha´pois a minha avó também nunca está bem. Tem sempre qualquer coisa que a atormenta. É o fado...

Ana C. disse...

Kakia folgo em saber que não estou sozinha :)

Ana C. disse...

Banita daí eu perguntar se não seria tique nervoso. Mas ela não é só com o coitadinha, vitimiza meio mundo. É uma questão de feitio.
Se há coisa que me irrita é a palavra tipo no meio de tudo o que mexe.
Eu não tenho nenhuma língua presa a nenhuma palavra, a sério que não.

Ana C. disse...

Ritinha e já a estrangulaste?

gralha disse...

Ai que me irrita tanto! E há certas pessoas que usam o "coitadinho" a torto e a direito, assim como uma espécie de ponto final.

Bituca disse...

LOOOOL, a minha avó é igualzinha. Até já comentei isso com a minha mãe uma vez aahahhahhahah