quarta-feira, 6 de março de 2013

mãe doente é do caraças

Depois de uma semana de miúdos doentes, em que um pegou ao outro, eis que começo a sentir-me mal. Mal não, péssima, toda rota, como não tenho memória desde que fui mãe.
O meu sistema imunitário sempre debelou todas as pequenas merdas, pois que não podia dar-me ao luxo, nem ao lixo, de adoecer.
Mas ontem, a má disposição era tão nojenta, que me arrastei até uma urgência e fiquei a saber o que os meus filhos tiveram e fizeram o favor de me transmitir: Gripe.
E pronto, soube que estava com gripe e trouxe umas drogas da farmácia (menos mau).
Hoje de manhã, com a garganta e a cabeça em modo de dor latejante, disse para mim própria:
Estás com gripe, sua otária. Vá, agora levanta-te e faz tudo como de costume.

5 comentários:

gralha disse...

É duro...
As melhoras rápidas e beijinhos!

Ana. disse...

Ótária não...
Aproveita mas é todos os bocadinhos para te enroscares no sofá.
As melhoras!
;)

ouvirdizer disse...

É mesmo do caracinhas, Ana C., sou pessoas que rara, mas mesmo raramente adoece mas este ano foram os miudos, os 3 ao mesmo tempo, depois fui eu e agora o homem da casa.
Resumindo, fui a única que não teve direito a caminha, repouso e descanço total, comme il faut! E olha que estive mal, ao ponto de o R. dizer que em 8 anos nunca me tinha visto assim... mas todos os dias de manhã tinha que pensar o mesmo que tu!

Naná disse...

As melhoras rápidas! Espero que as drogas te ajudem depressinha, porque fazer tudo normalmente nesse estado anormal é dose!

Eu tive gripe, mas não foi o meu filho que me pegou... esse foi ainda maior drama, porque só me enroscar sobre mim mesma e ter miminhos e ainda tive que guardar distância do puto para não lhe pegar a maldita...

Cat disse...

As melhoras rápidas!
Morro de medo de apanhar alguma com os bébés tão pequenos...