terça-feira, 9 de outubro de 2012

What Not To Wear

Esta duquesa fofinha, da nossa mais fina aristocracia, está a precisar urgentemente de um workshop com a Kátia Meio-tom (leia-se Kate Middleton). Isso, ou as lâmpadas energéticas que adquiriu no Lidl não dão a pujança necessária ao seu closet e a Lady Di tuga, tem de escolher a indumentária na mais completa escuridão.
De resto, foi bom saber que a filha herdou o seu charme. Sem dúvida, um dos aspectos mais fundamentais na vida de um bebé.

8 comentários:

Dulce disse...

De facto... pode ter «bom feitio», mas escapou-se-lhe o bom gosto!!!!!!

_ba_ disse...

Esta roupinha ...é inenarrável...e sim, o charme será a característica mais essencial num bébé ...já dizia a minha Avó "em boca calada não entra mosca nem sai asneira" ...

gralha disse...

O meu filho também herdou o meu charme e acho isso uma coisa maravilhosa (mas eu não uso padrões tigresse, ainda assim).

Naná disse...

Ana C., se tu tivesses nascido nos tempos de Gil Vicente terias certamente sido uma profissional da sátira social exímia!

A palavra que me ocorre ao olhar para o figurino é "medonho"

Ana C. disse...

gralha, a questão fundamental, além dos padrões tigresse e carteiras com franjas, é:
O teu filho já tinha o teu charme com poucos meses de vida?
Não respondas que sim :)

gralha disse...

Óbvio que sim.

ouvirdizer disse...

O meu filho mais novo também herdou o meu charme, cada vez que vê os meus sapatos que têm uma tirinha tigresse grita: "QUÉ ISTO???????".

Sugiro-te a leitura das lux das ultimas semanas, cada semana há 2 páginas da pimpinha a ver vestidos de noiva, cada semana com um membro diferente da família, juro!

Por fim, já o disse por outras palavras: concordo tanto com a Naná!

Progulka disse...

Ela usa sempre este tipo de roupa...