quarta-feira, 14 de abril de 2010

Hoje

Hoje gostava de ter coragem para concretizar, para passar do papel para a vida real, para ir atrás do que me preenche de verdade.
Mas chega sempre esta inércia, como uma onda que me bloqueia e penso que não consigo, que não movo montanhas nenhumas além das interiores que se mexem e remexem todos os dias.
Tenho dentro de mim tanta coisa e no entanto tão pouco é de facto real.
Hoje sinto-me dona do mundo, mas de um mundo onde não vivo de verdade e isso não me deixa sossegar.

3 comentários:

Melissinha disse...

Sei exactamente como é e sinto isso dia sim, dia não, como sabes.

Lia disse...

na maior parte dos dias sinto exactamente isso

Precis Almana disse...

não percebi bem a que te referes, mas não me parece uma má sensação. Por vezes é bom sentirmos que vivemos num mundo imaginado por nós.