quarta-feira, 21 de abril de 2010

O que fazer quando a merda se atravessa no nosso caminho?

Hoje vi-me perante um dos piores dilemas citadinos de sempre.
Ao tentar andar com o carrinho do António num passeio onde apenas cabiam duas rodas do dito e com a Alice a querer dar-me a mão ao meu lado eis se não quando me deparo com o que parecia ser um campo angolano minado, só que as minas atravessadas no meu caminho eram cagalhões de cão.
Ora bem o que fazer? Passar ao lado dos cagalhões implicaria sair do passeio e atirar-me para a rua onde carros alucinados passavam a 90 quilómetros por hora. Passar sobre os cagalhões implicaria um ataque de histerismo da minha parte quando fosse guardar a cadeirinha na bagageira do automóvel e cheirasse o rasto de merda no interior do meu bólide. Levantar a cadeira e saltar sobre os cagalhões de mão dada com a Alice em simultâneo era número de circo.
O meu cérebro teve um achaque e gripou. Fiquei ali a olhar a merda à minha frente e a pensar como seria bom multar os donos dos cães que defecam nas ruas e mijam contra os guarda-lamas dos carros, mas a multa seria obrigá-los a engolir a comida pós digerida dos seus meninos.

6 comentários:

sofia disse...

Fogo!
Bloqueei também...
é que não faço mesmo ideia do que faria
Mas se já aqui vieste contar é porque lá acabaste por "desengripar"
Que decidiste afinal?...

Raquel disse...

AAAAAAIIIII!!! Fico doente com essas coisas, e eu tenho 2 cães por isso sei que só deixa isso acontecer quem se está a cagar (neste caso são os seus cães que o fazem) para as outras pessoas! Eu gostava de lhes esfregar a fuça (aos donos, porque os cães não têm culpa nenhuma) nos cócós que deixam nos passeios! #@$%^*#!

Precis Almana disse...

De facto é nojento mesmo... O que é que fizeste? Foste para a estrada, não?

Ana C. disse...

Precis e Sofia claro que tive que me enfiar na estrada correndo o risco de ficar passada a ferro. Mas acho que tanto a largura do passeio com as poias dos cães me deixaram louca.
Raquel é claro que a culpa é dos donos dos cães. Outro dia estava um senhor a passear o seu cãozinho e a deixá-lo levantar a perna e mijar (não nos pneus) no para lamas dos carros estacionados, também me irrita solenemente...

sofia disse...

É Ana, acho que há demasiados donos de cães que mais valia terem peixes, mas dos de brincar!!!
Depois de ter pensado nisso foi o que achei que iria fazer - iria certamente para o meio da estrada
Já experimentaste um sling?
Para mim tem sido do melhor para andar com a I
Aqui o problema é a falta de passeios ou o facto de, quando os há, serem tão altos que custa tanto a subi-los como a subir escadas
Acho que só dei uso ao carrinho no 1º inverno dela, porque ficava quentinha dentro do ninho no ovo

Conceição Barreta disse...

Se há coisa que me tira do sério é isso,o có có dos cães.....e os donos acho que só com multas é que iam aprender mas no ROSSIO a autarquia até tem um aparelho para tirar as pastilhas do chão acho bem mas eos có cós haja vergonha .......e tem toda a razão ANA