quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

A Discussão é Assim, ou é Assado


Porque é que estamos sempre prontas a debater o impacto que a cozinha desarrumada tem na nossa relação e eles simplesmente propõe-se a arrumá-la e acabar com a discussão?
Porque é que quando a discussão para nós ainda agora começou, para eles acabou de terminar?
Porque é que adoramos aprofundar até ao tutano enquanto eles se ficam pela superfície das coisas?
Porque é que para nós é tudo, ou nada e para eles um dia é tudo e o outro pode ser nada?
Porque é que quando ainda agora começámos a esgrimir argumentos, cheias de malabarismos intelectuais, para eles é simplesmente ponto final no assunto.
Porque é que para nós há cinzento e para eles há preto e há branco?

Porque é que apesar de um mundo de diferença entre nós, o mundo continua a não fazer sentido sem eles?
Acho que é como diz na imagem: Uma cozinha desarrumada é uma cozinha feliz e um homem e uma mulher nunca hão de ser harmoniosamente arrumados. Provavelmente perderiam a piada toda.

11 comentários:

Joanissima disse...

O que escreves tem, em mim, o condão de me serenar. Emanas uma tranquilidade extraordinária e as letras que escreves batem em mim, ecoam, falam, assobiam e fazem-me pensar.
De facto nada faria sentido sem eles. Mas eles moem-nos a paciencia, exasperam-nos, e isso, muitas vezes, faz-nos querer desistir. Por outro lado, somos talvez demasiado complicadas.
O meio termo seria o ideal. Nem tão complicados, nem tão básicos!!

Obrigada pelo que fazes ecoar em mim.
Um grande, grande beijo!

Ana C. disse...

Oh Joaníssima, agora deixaste-me encavacada. Obrigada. Saber que sereno alguém deixa-me sempre muito feliz.
Acho que nós mulheres somos as rainhas do emaranhado, da complicação, do drama. Eles muitas vezes andam à deriva numa vã tentativa de nos entenderem e nós não fazemos o menor esforço para lhes explicar. Eles têm que nos adivinhar e isso Joana, acho que nunca vai acontecer ;)

Joanissima disse...

Pois não, Ana, não nos está nos genes...
(já pra não falar daquela limitação irritante que eles têm de não conseguir fazer duas coisas ao mesmo tempo... tipo ouvir e cozinhar... ahahahaha)

JS disse...

Um texto fabuloso...como sempre!

Obrigada

Bruno disse...

Ó Ana C., bem sei que isto não tem nada a ver, mas não devo deixar passar a minha indignação pela frase que proferiu num outro espaço: "com eles não se brinca". Devo dizer-lhe que o considero um comentário infeliz e pouco pensado. E convido-a a visitar, por exemplo, a Mesquita de Lisboa (local onde nunca estive), estou certo de que seria recebida de braços abertos e de que a sua ideia e eventualmente algum preconceito cairiam por terra, e ficaria com uma imagem mais nítida do que são as pessoas que (por acaso) professam o credo islâmico. E digo-lho eu, que não tenho nesta matéria qualquer interesse que não o da justiça, sou ateu e nem acredito que Alá exista.

Ana C. disse...

Bruno já vi que não percebeste que humor é apenas e só isso. O meu comentário seguiu a linha do post. Não foi minha intenção divagar profundamente sobre nada. As minhas convicções e opiniões religiosas não se definem num comentário de duas linhas num blog. Cada coisa no seu contexto. Fica bem.

Sílvia disse...

Porque nós somos nós e eles são eles, e apesar de vermos cinzento e eles so verem preto e branco, apesar de aprofundarmos as coisas e eles ficarem pela epiderme, apesar disso tudo parece que é assim que tem que ser, como se seguisse um ritmo lógico. Porque se calhar se eles não fossem assim, nós não iamos estar satisfeitas na mesma, e porque apesar de todos os defeitos é assim que gostamos deles, é com esses defeitos que sentimos falta deles e que chegamos à conclusão que não podemos viver sem eles.

Adorei o texto, mesmo =)

bj***

McSleepy disse...

Cinzento?? O que é cinzento?....
Mulheres... ufff.

;)

Ana C. disse...

Sílvia, ainda bem que nos temos umas às outras para nos sentirmos menos sós na nossa "loucura" feminina...
Bjs

Ana C. disse...

McSleepy, sempre que quiseres entender melhor todo o leque de cores entre o preto e o branco, volta aqui ao meu blog, tenciono dar uma ajuda para que se faça luz no olhar monocromático masculino ;)

Eumesma disse...

Porque nós somos mulheres e eles homens, porque nós temos uma paciência sem limites e eles nehuma, porque os homens são de Marte e as mulheres de Venus...;-)
E porque se assim não fosse, se não existissem tantas diferenças as relações seriam uma coisa mto chatinha...
Apesar de tudo, e tb apesar do que já sofri nesse campo (e a acredita que foi mto), apesar de viver só há 6 anos já, continuo a achar dia após dia que a minha existência não faz mto sentido se a minha metade da laranja ( e nisso já percebi que temos exactamente a mesma opinião) não vier a me completar um dia destes. :-)

Ah, e concordo com a Joanissima, tu tens de facto a capacidade de através dos textos de acalmar os nosso piquenos corações...;-)
Acho que no fundo, tens uma parte de ti que está completa e isso é que mtas pessoas desejam, e se calhar mtas das pessoas sem ela acabam por andar meias perdidas.
(e pronro, apetecia-me imenso agora dissertar sobre este tema, mas claro não o irei fazer aqui que é o teu cantito, desculpa por me estar a estender...:-)