quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

O Luxo de Poder Adoecer


Dói-me cada pedaço de músculo no meu corpo. De cada vez que me mexo as minhas pernas gemem para que pare. A minha cabeça pesa cerca de uma tonelada. Sinto que dentro do meu organismo se trava uma batalha entre o vírus e os glóbulos brancos que me defendem dele. Mas mesmo assim tenho que pensar que tenho o frigorífico vazio, que tenho que escrever cheia de inspiração, ainda que os meus dedos chiem de cansaço, que tenho que responder às incessantes perguntas da minha filha acerca de tudo e de todos, quando só me apetece lençóis, edredon, chá de limão e mutismo.
Com tudo isto arranco de dentro de mim a capacidade para conduzir até ao supermercado, percorrer os corredores e prateleiras em busca de tudo o que falta cá em casa (e que não é pouco), carregar com os sacos até ao carro e ligar o piloto automático. Era nestas alturas que adorava ter um motorista, uma criada interna, uma baby sitter, tudo aquilo a que tenho direito, mas não tenho...
Quando é que me transformei nesta mulher adulta que não se pode dar ao luxo de ficar doente?

17 comentários:

Miguel Barroso disse...

as melhoras!


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Melissinha disse...

COITADINHA!
Queres que vá para aí cuidar de ti? Só não garanto agilidade.

Ana C. disse...

Miguel, obrigada. Os votos de melhoras ajudam sempre o espírito. Volta sempre :)

Ana C. disse...

Melissa, fico muito sensibilizada com a tua oferta, mas acho que quem acabava por ter que cuidar de ti era eu :)

Melissinha disse...

Ahamm. Estás-me a chamar inútil?
Hoje calcei-me sozinha, ouviste? Sozinha, como as moças grandes.
Ora toma. :P

Ana C. disse...

Sim, com a tua calçadeira do IKEA que mede 1,80m...

Sílvia disse...

As melhoras, que esse vírus passe rápido.

P.S. primeiras impressões: deu-me para chorar. Estou a gostar muito

bj***

AnaMoreira disse...

Espero sinceramente que os teus glóbulos branquinhos ganhem essa difícil batalha! =)

Bjinho e as melhoras

Ana C. disse...

Sílvia, obrigada pelas melhoras e pelo Ps. Bjs

-----------------------------------

Ana, obrigada, por enquanto glóbulos brancos 1 gripe 0

Sunrise disse...

Realmente poder ficar doente é um luxo! Mas o pior deve ser quando temos filhos, pois eles n compreendem a doença e continuam a precisar da mãe. Eu n tenho filhos e ainda bem, pois nem sequer tinha com quem deixar. Rápidas melhoras!

Ana C. disse...

Sunrise, agora acertaste na mouche. Os filhos gostam muito de nós, mas são absolutamente insensíveis às nossas maleitas...
Obrigada

Melissinha disse...

A minha calçadeira-de-prenhe NÃO TEM 1,80m.
Tem só 70 cm.

KILGORE disse...

Rápida recuperação...na parte da inspiração não se nota nada:)

Ana C. disse...

Obrigada Kilgore, já estou a dar 1 - 0 à gripe. Quanto à inspiração é noutras escritas que ela se ressente mais, mais precisamente no meu ganha pão :)

Rainha Mãe disse...

Espero que que já estejas melhor.
Beijinhos...

Ana C. disse...

Rainha Mãe, tal como o título do post indica, eu não pude mesmo dar-me ao luxo de ficar doente e o meu organismo arranjou maneira de não deixar que isso acontecesse (juntamente com alguns remédios:))

Eumesma disse...

Ás vezes temos que ser egoistas e pensar em nós primeiro, e em casos de menos saude, temos que nos dar a esse luxo.
Não somos super mulheres, embora os outros nos vejam assim por vezes, e há que "fazer uso" (de uma forma simpática claro), dos amigos dos, familiares nessas alturas, porque com tempo e disponibilidade para nós as maleitas passam muito mais depressa. :-)
Espero ue já estejas um pouco melhor hoje e que os glóbulos bbranocs estejam a vencer.

Bjs (medecinais) ;-)