domingo, 20 de junho de 2010

Filho

Filho, filho, filho, filho. Não me canso de repetir esta palavra e por muito que a repita soa-me sempre a novidade. Tão diferente de filha, tão nova, tal como tu.
Sou daquelas pessoas um bocadinho parvas que pensam que assim que dizem bem de alguma coisa ao mundo, no dia seguinte ela avaria-se, estraga-se, modifica-se, mas acho que é meu dever dizer-te que tens sido suave e se deixares de o ser amanhã mesmo não importa.
És suave meu amor, sorris muito, inventaste uma espécie de tosse para chamares a atenção e sorris para quem quer que se atravesse no teu caminho, mesmo para quem não te olha.
Já comes sopa e papa, entre as duas preferes os legumes. Choras quase sempre durante o processo, mas comes e não ficamos duas horas nessa tarefa, é coisa para 10 minutos.
Queria dizer-te obrigada por seres tão paciente com a tua irmã, por nunca chorares quando ela te pega desajeitadamente ao colo, nem quando grita e corre como uma doida à tua volta. Sabes que ela gosta muito de ti, de verdade, mas ainda não se habituou a essa coisa de ter que me dividir.
Queria dizer-te que foi muito querido da tua parte facilitares as coisas aqui em casa com ela e comigo.
Amanhã não sei como serás, mas hoje és o lado mais suave do tecido da minha vida e eu gosto de passar a mão nas tuas bochechas e sentir fisicamente o que sinto todos os dias aqui dentro.

7 comentários:

gralha disse...

Que bom...
E agora deste-me vontade de ir ali buscar o meu mais pequeno e enchê-lo de beijinhos, só porque sim!

Pulga Catita disse...

Lindo!

MARIINHA disse...

Cada um dos nossos filhos é diferente. O António será diferente da Alice. Mas o coração de uma mãe é muito grande, cabe lá muito amor para lhes dar.

Melissinha disse...

TIA MEL MORDE

Poetic GIRL disse...

Que lindo testemunho Ana, uma dia ele irá ler essas palavras! beijoca

Crente disse...

Dás vontade de ir a correr para casa fazer outro bebé :)
Felicidades para todos aí de casa!

Joanissima disse...

(fizeste-me chorar,. minha grande mommybitch~!! não sei se te esbofeteie se te abrace)