segunda-feira, 6 de maio de 2013

Poderia ter saído de um livro de auto-ajuda, mas não

Às vezes antes de melhorar piora. Não é que seja necessário piorar, não é que o pior faça a menor falta, mas piora. E é preciso paciência, resiliência e esperança, sempre.
Os materiais que dobram acabarão por voltar à sua forma original. Com mazelas, é certo, menos flexíveis em certas zonas, desengonçados noutras, mas retornarão.

2 comentários:

Melissinha disse...

É deixar vir, como uma onda: bate, molha, desequilibra e segue o seu curso.

ouvirdizer disse...

No género "as melhoras da morte", em que os pacientes, antes de morrer, melhoram...
Cheio de contra-sensos este nosso mundo... e o povo topa-os todos. Se dessemos ouvido a certas frases feitas...