sábado, 26 de setembro de 2009

Hoje Apetecia-me uma Grande História de Amor

Como não tenho tempo para reler, hoje apetecia-me rever todas as grandes histórias de amor que foram adaptadas da literatura para o cinema e as que surgiram apenas da imaginação de um talentoso argumentista, sem excepção.
Apetecia-me um daqueles sofás intermináveis onde nos afundamos, apetecia-me um bocadinho mais de frio lá fora e a televisão a rodar histórias de amor até o sono vencer e ainda assim adormecer envolvida pelo ruído de fundo das declarações apaixonadas.
Apetecia-me ser de novo adolescente e chorar o céu e a terra no final do filme, vibrar com o primeiro beijo debaixo de chuva torrencial, pois não há como beijos sob a chuva. Apetecia-me resgatar toda a inocência dos primeiros anos do coração e viver intensamente todas as histórias de amor como se fossem a minha.





18 comentários:

Sónia disse...

Ele há dias assim :)

Mas para este post ser "completo" só lhe fica a faltar "As Pontes de Madison County" ... Uma outra grande história de amor!

Bom fim-de-semana e bons filmes

Maria disse...

Eu queria era viver a minha história de amor..:P

Lia disse...

ai...o amor, o amor...

Maria Manuela disse...

E aquela fantástica história de amor de "A vida é bela"...

:)

Precis Almana disse...

Ia dizer o que a Sónia disse :-) As Pontes de Madison County é um dos filmes que mais me tocou no que ao romantismo e amor diz respeito...
E o da Vida é Bela também...
Mas ao mesmo tempo doem tanto estes filmes. Ou é só a mim?

Raquel disse...

Vê "Seven Pounds" com Will Smith, um drama romântico que vi recentemente e gostei bastante! (acho que o título em português é
"Sete vidas").

Ana C. disse...

Sónia as Pontes é A História de Amor por excelência. Há um limite de fotografias que se consegue inserir por post e já não coube a foto das Pontes, mas podes ter a certeza que foi a história de amor que mais me comoveu até hoje...

Ana C. disse...

Maria e hás de vivê-la ;)

Ana C. disse...

Lia AIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

Ana C. disse...

Precis só por não estar aqui a fotografia (que não coube) não quer dizer que não tenha logo pensado nele. Já vi as Pontes mais de 6 vezes e comovo-me sempre da mesma forma.
Doem sim senhora.

Ana C. disse...

Maria Manuela a Vida é Bela é um dos filmes mais singelamente bonitos e carregados de amor sim senhora...

Ana C. disse...

Raquel até tenho vergonha de dizer, até porque adoro os filmes todos do Will Smith, mas adormeci a meio do Seven Pounds...

Precis Almana disse...

Ana C.
Caso não conheças: http://cotonete.clix.pt/radios/destaque.aspx e repara na rádio de bandas sonoras ;-)

Raquel disse...

Adormeceste? ahahah, mas estavas cansada ou achaste o filme uma miséria?! Tenta mais uma vez, o filme é bom! ;)
Em relação às pontes concordo contigo, e se o vejo comovo-me sempre como se fosse a primeira vez (ainda me lembro que foi nos cinemas Quarteto que o vi pela primeira vez e as lágrimas foram impossíveis de segurar!)

Ana. disse...

Acho que sei o Sensibilidade e Bom Senso todo de cor...
Também ando sedenta de histórias de amor!...
É do Outono...
;)

Ana C. disse...

Precis obrigada vou espreitar ;)

Ana C. disse...

Raquel bem sei que vi aqui em casa e não no cinema, mas a idade não perdoa e sim, adormeci. O filme não me entusiasmou...

Ana C. disse...

Ana. e o Pride and Prejudice? Muito bom também :)