sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Um Grito na Escuridão

Uma das coisas que mudou da gravidez da Alice para esta foi o estado de vigília nocturna do Hugo que foi decrescendo até ficar no nível zero. Ele não acorda com rigorosamente nada. Por isso esta noite, ao ser violentamente despertada por uma cãibra daquelas que nos fazem gritar de pura dor e paralisia, daquelas em que simplesmente não conseguimos esticar a perna sem que tenhamos mil punhais a trespassar-nos a musculatura, a primeira coisa que fiz foi agarrar-me aos seus cabelos, enquanto gritava por ajuda, qual filme de terror a 3 dimensões.
O puxão de cabelos resultou e o meu marido lançou-se sobre a minha perna com uma prontidão comovente, massajou, esticou, beijou.... A perna errrada. Quando finalmente percebeu que não era aquela a perna atingida pela dor, mudou com a rapidez que o sono lhe permitiu e massajou, faz festas sobre... A zona errada. Quando reparo melhor já ele estava de olhos fechados a massajar-me a cabeça.
Enfim, não se pode pedir tudo, mas que ele tentou, tentou...

As cãibras são mais uma faceta da gravidez. Sim eu já sei que é falta de magnésio, mas eu até durmo com uma banana, por isso não sei que mais fazer.

14 comentários:

HannaH disse...

o que eu me ri agora! mas sei bem o que essas dores são!
pk é que os homens a dormir mais parecem pedras!!??! nao têm preocupaçoes com nada...:S

Naná disse...

Oh pá, o Hugo até foi bem intencionado, esforçou-se, mesmo que nos locais errados...
Merece reconhecimento pelo menos pelas tentativas, apesar de fracassadas...!
Ui, cãimbras, o que eu penei com isso até que ingeri comprimidos de magnésio e comecei a fazer acunpuntura...!

Raquel disse...

Ahahahah! Mas ele tentou e isso é que conta! :)

Precis Almana disse...

Ahahahahah
Há muito tempo que não tenho dessas grandes em que até fica a doer o músculo no dia a seguir, mas tenho com frequências umas pequenas...

João Pedro disse...

:-D
Conta a intenção do Hugo, Ana.

Beijinho e bom fim de semana,

Ginguba disse...

Eu acho que os homens qdo adormecem têm uma espécie de cãimbra cerebral, sem dor mas com grito sob a forma de ronco!

Brisa disse...

Que delícia de história! Fez-me lembrar bem dos meus tempos de grávida; quantas vezes acordei por causa dessas malditas cãimbras. O que vale é que me conseguia desenrascar sozinha, porque a torre ali do lado nem com um puxão de cabelos acordaria!

Melissinha disse...

CÃIBRAS!!! já não me lembrava! Eu mordia as almofadas!
Também acordava aos berros e lá ia o Hugo para o estica-e-puxa.
O Magnesiocard ajudou tremendamente, já estás a tomar?

joana disse...

Essa cena para quem está de fora é cómica!Espero que não venha mais nenhuma!!!

Lia disse...

o problema foi teu, que tiveste a cãimbra na perna errada!!!

Lídia Borges disse...

Lamento a cãibra!
Mas ela não conseguiu limitar o sentido de humor deste texto tão engraçado!

Um beijo

e

Fim às cãibras!!!

Flower disse...

As cãimbras são o pão nosso de cada dia de muitas pessoas,especialmente das que estão barrigudas, e mal conseguem alcançar os dedos dos pés,para seguir o conselho do meu médico....agarrar dobrar os dedos para cima que as gajas vão embora.Tarefa dificil,e que sem ajuda é practicamente impossivel de realizar,especialmente no turno da noite.
AAAAIII...o que eu passei,ginástica forçada,e cotoveladas de ajuda,muitas vezes sem efeito prático(pronto a maior parte das vezes)com a desculpa esfarrapada na manhã seguinte do ...a sério,fogo,porque é que não me acordaste?
Mas eu tentei,a sério que tentei!
Enfim.

Banita disse...

LOL!
Ainda não tive nenhuma dessas! ;)
Já tens aí um bom conselho, embora me pareça difícil de exectutar sem ajuda... :S
Estive a ler os teus posts em atraso e gostei, como sempre! Essa dos nomes dos teus filhos te perseguir, é que me fez sorrir, porque nunca sonhei com nomes. Escolhemos Tiago e Mariana com naturalidade e "sem esoterismos". :)
Jitos

gralha disse...

Chocolate, homessa!