domingo, 6 de setembro de 2009

No Caramulo

Tentámos ser mais inteligentes que o GPS e enfiámos por uma estrada de serra interminável. Quando chegámos finalmente ao Caramulo com o estômago no cérebro e os ouvidos em água de ouvir a Alice de 5 em 5 segundos "Já chegámos?", uma prova de carros impediu-nos de aceder ao hotel.
Quando finalmente conseguimos penetrar:
Paisagem divinal, ar puro daquele que dá uma grande moca, mas...
CAMA DURA COMO UMA PEDRA E BARULHENTA COMO UM CASAL A FAZER O AMOR EM ÊXTASE.
O que fazer?

23 comentários:

Melissinha disse...

relaxa e goza, amori.

Lia disse...

hmmm... tampoes para os ouvidos, e muita calma para gozar os ultimos dias de ferias

M. disse...

Aproveita e desliga a mente dos ruídos da cama... LOL

A propósito do post abaixo, parabéns pela escolha de António como nome para o rebento. O meu pai chama-se António e nunca na vida (e já tem 70 anos) o chamaram por algum diminutivo foleiro.

Beijinhos e continuação de bom fim-de-semana.

carlostgc disse...

Ficaste mesmo no Hotel do Caramulo? Com Spa ao lado e acesso directo interior?!!!!

Maria disse...

Isso é que foi sorte..:P

Miguel disse...

RELAX! DON'T DO IT!! Ou melhor, "do it" até toda a gente no Hotel vos identificar...
;)

Ginguba disse...

Pedir para mudar de quarto, talvez...
A sugestão do Miguel aqui em cima também está bem vista :) )

Joanissima disse...

Já que tens a fama, fica com o proveito...
A cama é barulhenta como um casal a fazer o amor em extase???
Pega no teu Hugo e faz o amor em extase!!! ahahahahahahah

Only Words disse...

Hummmm, pede para mudar de quarto ou então aproveita a fama e tira o proveito! Coloca é uns tampões na pequena Alice! ahahaha

Não sei em que hotel estás, mas já fiquei no Hotel do Caramulo e gostei bastante, sobretudo da paisagem e da calma que se sente e respira!

Aproveitem!

Vanessa. disse...

Primeiro, farta-te de rir, porque realmente é engraçado todo o processo pelo qual tás a passar. Segundo, epah, aproveita bem a cama e faz o amor, porque barulho por barulho, mais vale aproveitares e bem!! Ahahah :P

Melissinha disse...

A cena de praticar o amor com um bebé no quarto é um turn-off do caraças.
Por isso tirei o meu do meu ninho aos três meses, hehe.

Ana C. disse...

Melissa acordei com os tornozelos inchados. Só há quartos com camas individuais, tipo tamanho salsicha. Não estou a exagerar é mesmo muito desconfortavel...

Ana C. disse...

Lia acho que vamos em busca de um sítio com camas mais confortaveis. Afinal a génese do hotel é para deitar os cornos numa palha fofinha, não?

Ana C. disse...

M até posso desligar dos ruídos mas e a dureza do bicho????? Estou toda partida!!!!
Obrigada :)

Ana C. disse...

Carlos esse mesmo e percebi agora o esquema do spa. Partem o pessoal todo nos colchões que é para terem que recorrer às massagens. Eu só me estou a queixar das camas...

Ana C. disse...

Maria eu tenho sempre uma sorte do caraças ;)

Ana C. disse...

Miguel mas qual do it. Tenho a Alice aqui mesmo em cima e as camas são individuais e tão estreitas que ia caindo duas vezes durante a noite. Quando o Hugo foi perguntar se não havia quartos com camas de casal a recepcionista vira-se muito espantada: Mas porquê gosta de dormir com a sua mulher, é?

Ana C. disse...

Ginguba já pesquisámos e os quartos são todos iguais...

Ana C. disse...

Joaníssima tou que nem posso, até com os butes inchados me encontro tal é a dureza do colchonete. Qual fazer amor, eu quero é dormir.

Ana C. disse...

OnlyWords eu tou no hotel do Caramulo e apenas me queixo do conforto das camas, nada mais. O resto é realmente muito pacífico...

Ana C. disse...

Vanessa qual fazer o amor mulher. Eu estou que nem me aguento...

mãeee disse...

Nunca me calhou uma cama dessas nesse Hotel :(
Tens de me dar o nro do quarto, para a próxima vez que lá ficar ter desculpa para fazer barulho :)))
Informa-te se não têm uma suite júnior disponível...
beijos

Precis Almana disse...

Oh pá, coitadita... Por acaso gosto de camas duras, mas percebo que não se goste porque abomino quando me aparece uma em que me afundo lá dentro...
Pois, vai procurar outro hotel, que remédio.
A pergunta dessa mulher é mesmo tolinha!