quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Aos Vencedores da Vida

Porque tenho dias em que me apetece falar a sério para variar, em que olho algumas pessoas bem cá debaixo onde me encontro e as admiro em silêncio, porque vejo vidas tão mais complicadas que a minha e não me apetece queixar-me mais das azias, ou da casa desarrumada.
Porque tenho dias em que me levo menos a sério do que levo os outros e em que a minha vida se ilumina de gratidão.
Porque tenho dias em que só me apetece dizer a quem merece que merece tudo.
Porque tenho dias em que as minhas pequenas lutas são poeira quando comparadas a outras grandes batalhas envoltas no mais denso nevoeiro.
Porque tenho dias em que simplesmente me reduzo àquilo que sou e percebo que a felicidade me visita quase diariamente.
Porque tenho dias em que a minha vida me basta.
Hoje apetece-me falar dos outros para variar, de toda a gente que deu a volta por cima quando tudo parecia enterrado no mais fundo de si, de toda a gente que encara as contrariedades com um sorriso nos lábios e o peito erguido de coragem, de toda a gente que não se queixa quando tinha todos os motivos para o fazer de minuto a minuto, de toda a gente que esteve lá, naquele lugar escuro e sombrio, cheio dos fantasmas sem resposta, cheio de tudo o que nos faz temer e saiu.
Queria dizer que vos admiro e que um dia, se também eu estiver nesse lugar, me lembrarei sempre que vocês estiveram lá e venceram.

19 comentários:

Melissinha disse...

:) Adorei.

Precis Almana disse...

Emocionei-me e tudo, pá. Viva a vida!!!

Joanissima disse...

Isto de chorar no local de trabalho é uma coisa do caraças.

Não sei se te espanque se te abrace.

Lia disse...

quem me dera ter metade da coragem que a maioria dessas pessoas revela...

Maria Manuela disse...

Há gente com muito valor por esse mundo fora.
:)

Melissinha disse...

A quem acha que não tem coragem para enfrentar os obstáculos: não há nada tão verdadeiro quanto "Deus dá o frio conforme o cobertor". Nós podemos, sim, com aquilo que nos acontece. Não é o facto de berrarmos quando vemos uma barata na cozinha ou fazer um dramalhão quando um namoro acaba que faz de nós cobardes.
Na hora do "pega prá capá", todos nós estamos à altura dos acontecimentos. E surpreendemo-nos a nós próprios com uma força que apostaríamos os próprios olhos não ter.
Somos todos, se não bastante mais, uns tremendos heróis circunstanciais, podem acreditar nisso.

Ginguba disse...

Há verdadeiros heróis da vida! Quando penso nesses heróis percebo como sou tão feliz e tão pequenina por me queixar de banalidades. Um desses heróis é a minha mãe,verdadeira mulher coragem que enfrentou tantos problemas e muito graves e uns atrás dos outros e venceu!
Olho para ela e penso muitas vezes que não sei se aguentaria nem metade!

L. disse...

Fugir aos fantasmas é duro. Sair do poço escuro em que entramos de dia para dia é ainda mais difícil.

Mas as vezes um sorriso ajuda a levar as coisas de maneira mais leve e tranquila, embora nem sempre seja possível.

beijos e desculpa a ausência.

L.

c disse...

Como disse a Melissinha... todos nós crescemos à medida das tarefas que a vida nos impõe!

Raquel disse...

Estou aqui a ler-te, ainda de pijama e a beber o meu cafézinho matinal obrigatório e a precisar de 1 kleenex... snif!

Bjs xx

Ana C. disse...

Melissa tens razão muitas vezes vamos buscar forças que não imaginavamos existirem dentro de nós sim...

Ana C. disse...

Precis viva a vida sim senhora e com todas as forças ;)

Ana C. disse...

Joaníssima por favor espanca-me a ver se eu acordo ;)

Ana C. disse...

Lia às vezes as circunstâncias adversas fortalecem...

Ana C. disse...

Maria Manuela não duvides disso...

Ana C. disse...

Ginguba é bom termos as nossas referências de heróis sim, para nos lembrarmos delas sempre que abrirmos a boca para nos queixarmos...

Ana C. disse...

L. bem regressada é tudo o que te digo :)

Ana C. disse...

C eu concordo com a Melissa, mas há pessoas que nos comovem pela forma tão, tão corajosa e sorridente como encaram uma contrariedade...

Ana C. disse...

Raquel a manga do pijama é tão boa como um kleenex ;)
Obrigada, tu também és uma vencedora da vida.