sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Mamas Para Que Te Quero

Alguém que me atire um lenço para limpar as lágrimas por favor. Realmente as manhãs em casa dão um novo sabor à vida.
Então não é que no programa matinal da Sic está a passar em rodapé a seguinte mensagem:
ESTAMOS A OFERECER UM IMPLANTE MAMÁRIO!!!
E entrevistado pela Rita Ferro Rodrigues e por um incomodado não-me-lembro-do-nome, mas-fazia-o-levanta-te-e-ri, um cirurgião plástico de camisa desapertada até ao umbigo, corrente de prata grossura máxima e cruz à escala real fala de mamas.
Isto é muito bom, como é que tenho andado a perder pérola atrás de pérola matinal?
Agora vou ver o do Manuel Luís Troucha para comparar e verificar se supera o da Sic, mas duvido. O da RTP é que é puxar demais pelo meu frágil organismo, ranchos folclóricos a esta hora da matina é estar a pedir uma indigestão auditiva.
Eu pasmo com a coragem/inconsciência das pessoas que se sujeitam a estas merdas. A rapariga que vai ganhar o implante deve estar mesmo desesperada, provavelmente vai deixar gravar a coisa em directo e tudo para publicitar o cirurgião com look pimba.

16 comentários:

Disse disse...

Pois eu só tenho muita muita pena que o público em geral não tenha a possibilidade de oferecer lobotomias aos apresentadores desses programas. ISSO É QUE ERA SERVIÇO PÚBLICO!

siceramente disse...

então mas isso é tudo novidade? andas a perder um mundo televisivo brilhante! ahaha

Raquel disse...

Lindo! A rapariga que ganhar o implante vai deixar as câmeras televisivas irem com ela para a sala de operações claro, de outra forma como é que ela apareceria na televisão e mostrava ao mundo as novas mamocas? ahahah Vê-se cada coisa! Quando vou aí de férias farto-me de rir com os programas da manhã (e às vezes também choro com a tristeza total, mas isso é outra história!)
xx

Eva disse...

Bem... as coisas que tu sabes!
Por mim acho que as lobotomias aos apresentadores são inúteis...quando o cirurgião fosse à procura do cérebro para cortar de certeza que não ia encontrar!!!
Bom fim-de-semana.

Ana. disse...

Absurdo é a quantidade de gente que de certeza se candidatou ao implante!!

;)

MARIINHA disse...

Olá Ana,
Espero que estejas bem, mais a tua barriguinha. Agora, que estou em casa de baixa, dá para ver bem a pobreza destes programas (em todos os canais sem excepção). Há dias fiquei admirada por ver a Rita Ferro Rodrigues,metida nisto. E a Júlia, a Fátima e o Goucha? Olha, venha o diabo e escolha, como se costuma dizer. É uma tristeza. É natural que uma pessoa que está em casa, veja um pouco de TV, mas isto assim não dá.E se não são estes programas, é só novelas.Para bem da minha sanidade mental, prefiro tê-la desligada. Bjs.

Mundo encantado disse...

Que decadência televisiva, é por isso que aqui não trabalha...Enfim!

PP_FANTASMA disse...

Ana,
E que dizer dessa fantástica oferta...talvez como se dizia em tempos...problemas com as mamas? Liga prá SIC, é fácil, é barato e dá milhões...
Ks

Miguel disse...

"A visiualização dos programas televisivos da manhã pode causar danos físicos e mentais pelos quais a estação emissora não toma qualquer grau de responsabilidade"

Com tantos canais no cabo...

Miguel disse...

Eu acho que a tacanhez que predomina no povo português é directamente influenciada pelos programas da manhã...

Izzie disse...

Eu gosto da Ritinha, mas também confesso que o programa não está nada bem conseguido=(

Papagaio Mudo disse...

esse é um blog utilitário! uou

bj0

Gustavo
>¨<

Vanessa. disse...

A rapariga que ganhou o implante ainda vai é levar as câmaras atrás dela para que vejamos depois o seguimento daquilo LOOOL tadinha, como é possível submeter-se a tal coisa? :X Só por desespero mesmo, eu acho!

Maria disse...

A rapariga é que vai ficar a ganhar.. Mas não percebo como é que se submetem a tanta exposição..!

beijinho.

Marcia Parassol disse...

Ana,
Os programas das manhãs são tão sofríveis, que faz até chorar as pedras.
Beijocas.

Lebasiana disse...

ai isso já anda a ssim?! lol... tenho que começar a ligar mais vezes a televisão! (com esta historis do anuncio do pingo doce já nem vontade há!)

jinhos