domingo, 15 de novembro de 2009

1 Ano e 3 Dias de Vontade

Parece que dia 12 de Novembro este blogue fez um ano. Lembro-me que começou como um desabafo escrito para a minha filha e hoje é qualquer coisa que não consigo definir bem, se é que tem algum interesse definir um blogue.
Venho aqui quase todos os dias despejar um bocadinho de mim e confesso que se tornou um hábito, daqueles bem saudáveis do qual já não abro mão.
Continuo a falar para a Alice, pois em muitos sentidos é a pessoa com quem mais me apetece falar para o futuro, é aquela que não me julga, que se limita a beber cada palavra que digo com um interesse comovente. Mas falo também para mim e para quem quer que tenha pachorra para ler estas baboseiras que vou acumulando por estas bandas.
Aqui ficam os dois primeiros posts que escrevi quando decidi entrar neste estranho mas acolhedor mundo dos blogues.

Hoje olhaste para mim com aquele olhar que me diz tudo e não precisámos de falar. Limitaste-te a sorrir. Soube que nos tinhamos entendido na perfeição, que tinhamos alcançado aquele ponto perfeito em que as palavras são mera perda de tempo.
Por algum motivo me sinto tão bem perto de ti Alice.


Porque é que assim que nos libertamos de algo, fica sempre o vazio, a saudade daquilo que não vai voltar. Quando te tinha aqui dentro desejava ter-te cá fora, agora que estás aqui comigo, sinto muitas vezes vontade que regresses para dentro de mim.
O que será que nos leva a desejar sempre o que está no avesso de tudo?

10 comentários:

Marcia Parassol disse...

Ana,
Desejo que celebre tantos outros anos. Cheguei até este blogue, através de tantos outros e tornou-se para mim um vício saudável.
Que sua Alice e o pequeno rebento que aconchega-se em seu ventre, sejam sempre sua fonte de inspiração e nós meros leitores e formadores de opinião, possamos nos deleitar com sua boa escrita recheada de bom humor e lealdade.

Abraços,
Márcia

Lebasiana disse...

eu gosto de cá vir... continua a escrever... seja para quem for!

jinhos

Feiticeira disse...

Parabéns! à Alice também... pela mãe.

Um beijinho

Joanissima disse...

Já??
xiiiii, passou tão rápido....

ainda bem que vieste.

Precis Almana disse...

Parabéns e toca de continuar a escrever as "baboseiras" que escreves, porque pões muita muita gente a rir, mas também a enternecer-se com elas :-)

continuando assim... disse...

eu passo sempre :) que giro

sabes .. se eu tivésse tido uma filha chamava-se Alice :)
é um rapaz ...e chama-se Miguel , o meu "azeitoninhas" já tão grande :)

bj
teresa

carl@ disse...

Parabéns!
... longa vida ao blog.

Kitty Fane disse...

Ora então Parabéns. :-)

Ana. disse...

Para mim também já se tornou um hábito vir ler-te. Mesmo que não esteja virada para a escrita, todos os dias abro o meu tasco para te "ver"!!

Continuas a cativar-me e a acumular abracinhos virtuais!

Beijinho e venha mais um ano!

;)

Sílvia disse...

Que venham muitos aos de blog que eu edoro-o =)

bjo****