quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Tão Perto Tão Longe



Foi inaugurado às pressas (antes das autárquicas) um novo parque bem pertinho da minha casa. Só não parece que estou na Escócia, pois para me debruçar sobre a paisagem esverdeada tenho que passar por um milhão e meio de degraus.
Seria certamente um local onde gostaria de levar o baby António a passear para respirar ar puro, mas nada posso fazer contra tantos degraus, superfícies de cascalho e mais escadas.
Agora digam-me senhores que inventam estas coisas, é sadismo?
É que imaginemos que chega ali, pronto para respirar a paisagem avassaladora, um deficiente motor. Fica a vê-la por um binóculo? Se é essa a ideia porque é que não vi nenhum instrumento de longo alcance visual?

10 comentários:

Raquel disse...

Inaugurações à pressa são sempre assim: feitas a correr na esperança de satisfazer alguns e recolher meia-dúzia de votos, e sem pensar! Que inteligência...
Não só deficientes motores ficam privados do uso desses locais, como pessoas de idade e já agora imagina-te com a Alice, o baby e o carrinho de bébé... lindo! Uma verdadeira prova de esforço... e quem diz que não pensam na saúde de todos? :P

Lia disse...

é incrivel como nunca se tem em consideração os que não podem andar por aí a subir degraus como se não houvesse amanhã... é que há gente em cadeiras de rodas, com carrinhos de bebé, com mais idade...ehk...paízinho da treta, às vezes!

Ana C. disse...

Raquel mesmo que não fosse à pressa ia dar ao mesmo. Acontece em todo o lado e em construções novas. Nunca se pensa em pessoas com dificuldades motoras, NUNCA. É desesperante, na minha óptica de empurradora de carrinhos, agora imagina na óptica de quem não pode mesmo locomover-se.
Depois enfiaram um parque infantil muito giro na parte de baixo com uma vista deslumbrante, mas para lá chegares o que é que tens? Pois... ESCADAS E MAIS ESCADAS

Ana C. disse...

Lia nunca mesmo, tu vês isso em todos os locais, é um desespero andar pelas ruas e espaços públicos do nosso país...

Ana. disse...

Podes sempre levar o baby António num daqueles lenços que se colocam a tiracolo (não sei como se chama!) e subir os degraus devagarinho!

Mas sim, é triste a falta de consideração que os "cérebros pensantes" deste país têm para com as pessoas com mobilidade condicionada.

;)

JBrito disse...

e já que ando por aqui, Ou porque está feito ou porque têm degraus, sempre a queixarem-se, irra para o povo, pá!

Melissinha disse...

É o que eu digo, essa gente que não prevê acessos facilitados devia ser banida das suas Ordens.
De que adianta beleza sem funcionalidade? Para isso iam para pintores de quadros ou algo que o valha.

Ana C. disse...

Ana. os babys pesam mesmo quando amarrados nesse pano (acho que se chama sling) e eu estou longe de ser a Miss Resistência...

Ana C. disse...

JBrito mas o que é isto? Qual é o problema de ficar feito e bem feito? Que me interessa a mim que aquilo fique pronto antes das autárquicas, ou depois. Esse interesse era apenas eleitoral.

Ana C. disse...

Melissa sabes o que me apetece dizer?
Cambada de escrotos!
Hoje estou violenta :)