terça-feira, 17 de novembro de 2009

Morte ao Bicho!!!!!!!!!!!

Desde tenra idade, mais precisamente, desde o dia em que ouvi a história da Cigarra e da Formiga que me convenci que esses bichinhos armazenadores compulsivos, trabalhavam no Verão para se recolherem no Inverno cheios de mantimentos.
Mas ao que parece isso só se aplica às pêgas das formigas dos contos de fadas. Porque pela minha zona elas não recolhem, não ibernam, não se resguardam, estou até convencida que não têm casas, aliás, têm sim, a minha cozinha.
Então não é que acordo, olheiruda, rezingona, preguiçosa, penetro na cozinha para fazer a única coisa que me comove pelas manhãs, o café e apercebo-me que a minha bancada está negra e mexe????
E que a caixa dos pastéis de Tentugal que o Hugo trouxe de Coimbra ganhou pés????
O que fazer? Fechar a porta da cozinha, voltar para a cama e repetir até à exaustão que foi um sonho? Ligar o aspirador e sugar as sacanas até não restar nenhuma? Pegar na caixa dos pastéis de Tentugal e tentar salvar pelo menos um? Ou varrê-las com CIF Spray cozinhas seguido de pano molhado?
Pois é, aqui a otária optou pela última e higiénica solução.
A Alice olhou-me de forma estranha quando entrou na cozinha atraída pelo meu praguejar e me observou a exterminar formigas enquanto dizia:
Morram sacanas! Sacanas! Sacanas!
E é assim que uma mãe deita por terra as tentativas de educar o rebento no respeito por todos os animais, já que ela se juntou a mim no extermínio...

23 comentários:

Melissinha disse...

O Hugo é completamente maníaco com formigas.
A única coisa que ele encontrou que resultou - e muito bem - foram umas pequenas armadilhas que pões no caminho das putinhas - passo a expressão.
Aquilo deve ser o ebola das formigas, porque no dia seguinte não aparece nenhuma.

Lia disse...

o meu mano, qd era pequenino, apanhava as formigas, metia dentro de uma caixinha e dava-lhes comida!!!! Qd me via a matar uma, batia-me!!! Vá lá que entretanto cresceu, senão ligava já à proteção dos animais para te fazer uma visita!

Ginguba disse...

A Exterminadora Implacável V-O Dia das Formigas!!!
:D

(Ainda bem que já estão boas, as duas!)

Ceres disse...

Ah Ah Ah Ah
Só espero que a Alice não vire budista e viva traumatizada com tamanho genocídio, LOL

Eu também odeio bichinhos e não resisto a dar cabo deles ;-p

Eva disse...

É um facto que elas não fazem jus à fábula...a mim apareceram-me no meu quarto - onde é terminantemente proibido comer - num quarto andar e com tempo de chuva!!!
Sempre me lembro de ter tido pavor de formigas mas acho que elas têm uma especial atracção por mim...toda a minha vida me apareceram nas situações mais inusitadas...chegou ao ponto de só invadirem a minha parte nos armários da cozinha da casa que partilhava com mais 4 ou 5 raparigas!
Eu, perante a cena na tua cozinha, teria tido um ataque de pânico...consigo compreender perfeitamente os teus sentimentos.
Na maior parte das vezes - se for em casa - recorro ao uso intensivo do aspirador mas juro que gostava de saber a designação desse tal "ébola das formigas".

MARIINHA disse...

Olá Ana C.
Como acontece muita vez, já me ri contigo.
Porque eu imagino a cena.Acontece muito isso, sobretudo nas casas, em que a cozinha está ao nível do chão.Na casa dos meus pais havia.Na minha não tenho formigas nem melgas, mas houve no meu patamar, um vizinho, que teve a casa infestada de baratas. É uma coisa que se eu não tivesse visto, não acreditava.Ainda vai dar um post.Ana, quero também agradecer, as palavras que deixaste hoje lá na Mansarda. Obrigada.
E essa tua barriga, já está muito grande? Quando é que nasce o António?
Desejo que tudo esteja bem.

Pedro Viegas disse...

O pior foram mesmo os pasteis de tentugal... mas o teu texto está divino e de rir..

Vá lá.. uns beijinhos das Caldas enviados daqui para todos.

JP

Lebasiana disse...

lol... deixa lá... já somos duas... pelo menos foste mais lady do que eu!

o pedro apanhou-me em cima da cama aos saltos, com umas calças de pijama dele na mao, a tentar matar um mosquito que estava no tecto... e andei assim a saltitar pela cama ate matar o bicharoco e terminar com uma frase do tipo:
- PENSAVAS QUE ME GOZAVAS! DEIXAS-ME DORMIR OU NÃO, AGORA?!

lol...
e ele qd ve um la começa aos saltos... e eu... engulo...

lol

jocas

Joanissima disse...

Você tem um monge budista dentro de si. dentro de si há harmonia, há serenidade, há paz. Nota-se pela forma meiga como recebe os seus hospedes...

ahahahahahahahahah
Pobre alice... ficou a saber que a sua maezinha é uma antkiller!!!!!

Ana. disse...

Bolas! Só tenho pena dos pastéis!
Agora marchava um ou dois!!
;)

gralha disse...

Suponho que aquela técnica anedótica de matar uma e esperar que as outras vão ao funeral não resulta... :)

Ana C. disse...

Melissa quero o nome do ébola JÁ!!!!

Ana C. disse...

Lia por favor não digas nada ao teu irmão, sim?

Ana C. disse...

Ginguba estamos prontas para outra, salvo seja ;)

Ana C. disse...

ceres Deus nos perdoe, mas as aranhas, melgas e centopeias são alvos frequentemente abatidos aqui em casa :)

Ana C. disse...

Eva eu tenho que ter o ébola, simplesmente tenho que o ter!!!!
Mas tu deves ser muito doce para atraires tanta formiga...

Ana C. disse...

Mariinha baratas é que não. Tudo menos baratas por favor ;)
Quanto ao resto está tudo bem com o António. Em principio nasce em Fevereiro.

Ana C. disse...

Pedro Viegas bem vindo! O problema foram mesmo os pasteis, tão bons que despertaram as formigas todas da vizinhança ;)

Ana C. disse...

Lebasiana se fosse a contar as minhas aventuras com melgas e seu extermínio enchia o blogue todo :)

Ana C. disse...

Joaníssima uma vez ouvi isto num filme e nunca esqueci:
Para os budistas o que é que uma formiga tem que fazer para reencarnar num animal superior? Apanhar mais açucar?

Ana C. disse...

Ana. tu tens doçaria maravilhosa aí por perto, já eu... Bem tenho sempre as queijadas de Sintra, os pastéis de Belém e os travesseiros da Piriquita... Ai do que é que me foste lembrar!!!!

Ana C. disse...

gralha o que eu fiz foi deixar algumas mortas espalhadas para assustar as outras :)

Eva disse...

Pois, o meu terror remonta ao tempo em que ainda dizia para não as matarem senão apareciam mais para vir ao funeral!!!!!