terça-feira, 11 de maio de 2010

A Cena de Falar Mal do Papa

Sim eu já sei que ele encobriu a pedofilia dentro da Igreja Católica e se há coisa que me revolve as entranhas é a palavra Deus e Pedofilia emaranhadas uma na outra. Revolve-me ao ponto de achar que mereciam todos castração física e empalamento. Mas avançando. Os ódios, as revoltas, as pragas lançadas na direcção do homem de branco e da sua vinda a Portugal, como se fosse uma espécie de insulto às nossas pessoas, sinceramente, acho demais.
Às vezes parece que é um terrorista de alto calibre que nos vem visitar. Daqueles que não admitem insultos à sua própria crença e que chacinam pessoas e cidades em nome da sua fé.
Deixem lá o povo comover-se e rezar e ajoelhar-se e sentir um bocadinho de espiritualidade. Que mal há de isso fazer?
A mim não me aquece nem arrefece. Acreditem que há coisas e pessoas que me insultam muito mais e andam aí todos os dias a sorrir para as câmaras e a serem chamados de novo pelo povo nas urnas.

13 comentários:

Melissinha disse...

Subscrevo!
No mínimo, merece tanto respeito quanto qualquer outro velhote. É o que lhe dispenso. Mas ele está a ter bastante menos.

Sobre a pedofilia, acho tão leviano acusar enquanto o caso ainda está em andamento. Posso gozar, sim senhora, mas relacionar a pedofilia ao Papa, ainda não.

Sobre as manobras de diversão do Governo - feriado, encerrar o metro - duvido que seja culpa dele também.

Melissinha disse...

PS - mas acho que, se provando que encobriu casos de pedofilia, aí deixo de concordar contigo. Deve ser julgado no tribunal dos homens e pagar como qualquer outro velhote. E quem continuar a adorá-lo é maluco e imoral.
Até se provar, fico na minha.

Lia disse...

para mim, tanto faz! Acho um exagero a tolerância de ponto mas o senhor também não terá culpa disso.
A pedofilia é um caso em julgamento, julgarmos nós será um exagero...

Ana. disse...

Até concordo contigo. Estra vinda do Papa não me suscita entusiasmo absolutamente nenhum, mas também não me provoca ódios viscerais. Agora, não concordo com o dinheiro que se está a gastar em 3 ou 4 dias de visita, quando temos tanta gente a passar necessidades. E com toda a franqueza que me é possível verbalizar, não entendo o que vem ele cá fazer... Vem cá inspirar o povo e renovar a fé? Para isso não são precisos palcos de duzentos mil euros. Jesus, que aparentemente inspirou tanta gente, pregava de cima de um pedregulho.
Não entendo...

Ana C. disse...

Ana. Diz que o palco é mesmo inspirado num pedregulho do tejo :)
Agora a sério praticamente tudo o que tem a ver com a vinda dele foi pago com donativos dos crentes...
Ele vem cá como outro chefe de estado qualquer, com a diferença que este é o Papa e o povo português mobiliza-se por estas coisas, já viste o people todo pelas ruas? Ao menos sempre se abstraem da crise.
Quem escreveu bem sobre isto foi o Pedro Rolo Duarte, espreita.

Miguel disse...

O problema não é o Papa nem a fé que lhe devotam. E é falso que tudo tenha sido pago pelo vaticano! Só em segurança quanto se gastou?

Ana C. disse...

Miguel quando cá chegam outros chefes de Estado não há gastos em segurança?
O parvalhão do Hugo Chavez por exemplo?
Lixa-me mais o TGV.

Melissinha disse...

Eh pá o Papa não veio cá como chefe de Estado. Um chefe de estado não tem palanques de 200 mil euros nem se passeia dentro dum aquário fechando ruas e transportes.

Ele veio como chefe religioso, e o estado é laico. Entendo perfeitamente a revolta de custear uma religião. Agora o que acho é que a culpa não é do velhote, e sim, do Governo.

Ana C. disse...

Melissa mas quem custeou a bosta do seixo do rio não foi o Estado, entendes?
Já viste a malta na rua? Vai-lhes perguntar o que é que acham.
As provas de ciclismo também cortam o trânsito, eu já fui mandada desviar aos gritos por batedores para o Sr. PM passar. Acho apenas que as pessoas se indigam pelos motivos errados e com as pessoas erradas, só isso. Há milhões de atentados e assaltosao nosso bolso o ano inteiro e o pessoal só olha para a vinda do Papa quando milhares de pessoas estão nas ruas contentes da vida com a vinda dele.
Portugal é isto mesmo. Curte o Papa o que é que tu queres.

Ana C. disse...

E enquanto estão todos distraídos com o sr. de branco o governo planeia o aumento do IVA e a suspensão do 13º mês...

gralha disse...

Moça sensata, esta Anacê :)

Precis Almana disse...

Quando vêm cá outros chefes de estado não há tolerâncias de ponto nem metade da cidade fechada ao trânsito, nem mais polícias que transeuntes - era esta a situação hoje na av. da república cerca das 10 da manhã - nem sei lá mais o quê. E eu não gosto deste Papa. Aliás eu, que até sou agnóstica, tenho que levar com isto... Mas enfim, é neste país que vivo e onde, até agora, tenho escolhido permanecer...
Haveria maneiras mais interessantes para distrair o pessoal, na minha opinião.
O TGV vai ser útil em termos económicos. Quando foi do CCB disse-se mal e mal e agora já ninguém imagina aquela zona sem ele. Depois do TGV feito vai-se perceber o quão útil ele é. Olha, agora com as cinzas bom jeitinho teria feito!

Ana C. disse...

Precis o nosso TGV só vai até Espanha e não leva mercadorias...
Acho que podia esperar. Mas o nosso PM não recua com nada, como uma criança teimosa e obstinada.