segunda-feira, 31 de maio de 2010

Tenho uma casa em África


Centopeius asquerosuns patirium multiplus


Hoje de manhã olho para o tecto e tenho uma coisa destas por cima da cama. O Hugo grita e manda vir comigo, que deixo a porta aberta, que a culpa é minha, que não aguenta mais tanta bicharada, que eu não sou cuidadosa com as janelas, com as portadas com o diabo que o carregue.
O meu marido convenceu-se que os bichos entram todos pela porta da rua e que se fossem mais altos tocavam à campainha para se anunciarem.
Fui buscar o aspirador a correr e o Hugo suga este comboio venenoso de pernas na potência máxima.
Mas depois penso e se ela sai pelo cano outra vez? E se entra na cama do António? E se eu deitasse o aspirador fora? E se eu mudasse de casa?
Eu odeio do fundo do meu ser tudo o que é insecto campestre. Não nasci para isto, definitivamente sou uma mulher da cidade.
E agora como é que vou dormir esta noite, como???

14 comentários:

Melissinha disse...

Vê lá como te tenho em consideração, que ao ler o título do post pensei logo: olha a anacê apadrinhou um daqueles meninos em África!

Mas não, apadrinhaste um bichinho inofensivo!

(Bem, pelo menos não me deixaste mal)

Naná disse...

Estas são mesmo de fugir... bicho venenoso, sim sr.ª...

sofia disse...

Redes mosquiteiras em todas as portas e janelas!

Maria João disse...

Eu também passo a minha vida a matar centopeias... ainda ontem tinha uma no meu quarto!

Acho que era mesmo bestial, que elas anunciassem a sua chegada pq detesto vê-las cá em casa!

Cat disse...

Como eu compreendo! Odeio centopeias, odeio, odeio fico tão paralisada que nem as consigo perseguir como faço com qualquer outro bichito!Haverá repelentes para essas coisas?

Disse disse...

Bem... espero que a noite tenha sido tranquila. Mas repara a sorte que tiveste. Uma singela centopeia. Imagina que tinha sido uma girafa, um rinoceronte ou mesmo um hipopótamo na banheira... (que é uma coisa que acontece todos os dias)...Há que dar valor às PEQUENAS coisas...

Ana C. disse...

Melissa então o título seria: Tenho um menino em África :)

Ana C. disse...

Naná ODEIOOOOOOO Centopeias!!!

Ana C. disse...

Sofia já pensei nisso e até vi no Aki à venda umas redes da Tesa que se colam, hoje mesmo vou investigar. O problema é que acho que elas também entram pelos canos e respiradouros...

Ana C. disse...

Maria João que sina a nossa...

Ana C. disse...

Cat eu estou a pensar sériamente em enfiar uma rede mosquiteira na casa inteira, tipo preservativo gigante...

Ana C. disse...

Disse acho que preferia qualquer um desses animais :) E hipopotamo na banheira soa-me muito familiar, já que estive grávida 9 meses e ainda tenho uns meses valentes para abater...

sofia disse...

Pelos respiradouros entram-me as aranhas - a praga cá de casa!
O que lhes faço é panos swifer por trás das grelhas dos respiradouros!
(e são terríveis - é por aí que vemos a porcaria que respiramos - em 2 semanas ficam cheios de pó! Também é sinal que afinal os respiradouros funcionam :))
As nossas também são dessas da tesa
Só um à parte - as tiras para colar não são muito grandes, comparando com a quantidade de rede disponível - divide-as em pedaços e cola-as espaçadas entre si e já rende mais

CalmaMuitaCalma disse...

A minha casa tem jardim, onde habitam muitas aranhas, que entram sem serem convidadas e que me dão um ataque de asma de cada vez que se cruzam comigo!! Marido fora. Quem tem que as matar? Eu... e que filme!!!
Essa centopeia faz-me lembrar uma que tava na casa de banho de um hotel. Estava eu a sair do banho e, de repente, lá estava ela. ENORME! Mandei um berro! Socorro!
Vem o meu marido, a barafustar: Mas que merda de gritos são esses por causa de um bichi...arrgh...credo...afinal é mesmo grande!!!
Pois, arrepiou-se todinho quando lhe mandou o sapato para cima e montes de papel higiénico. Escusado será dizer que ficou ali, no chão, para quem viesse!!! Monstros!