quarta-feira, 26 de maio de 2010

Olha p'ra mim a dar dicas culinárias



Além de adorar o Paul Newman e de ter vertido pelo menos uma lágrima pela sua morte, também adoro os produtos dele. Naturais, sem gorduras transformadas, nem recurso a transgénicos e revertendo as receitas para obras de caridade, aqui está o molho sem o qual não como saladas.
É light (gosto sempre desta palavra) e é bom como tudo, transformando uma folha de salada murcha num repasto dos deuses.
E aqui fica a minha dica de cozinha para quem não tem grande jeito para misturar azeite e vinagre nas doses certas.
Newman's Own Salad/Light Italian Dressing
Costumo comprar na loja Gourmet do SuperCor.

5 comentários:

Melissinha disse...

E é menino para quantos euros?

Daniel Monferrato disse...

Daniel, és tão ignorante!

Não fazia ideia da existência de tais produtos...

MARIINHA disse...

Se o molho tiver tanto de gostoso como o seu criador tinha de bonito. Hei-de ver se há no Corte Inglês, quando for lá, porque assim pode ser que coma melhor a salada de alface e os bróculos cozidos. Já não aguento aquilo.
Fica bem mais o teu pessoal. Boa noite!

Precis Almana disse...

Boa dica! Gracias!

cristina disse...

eu tb, eu tb! Uma verdadeira descoberta! E existem outras versoes, com balsamico por exemplo, mas este eh do melhor!