terça-feira, 25 de maio de 2010

Vá mulherio toca a andar!

Mulherio até aos 45 anos toca a vacinar contra vírus responsável pelo cancro do colo do útero. Depois de falar com a minha médica saí de lá com a ordem de vacina.
Tudo bem não é comparticipada para as nossas faixas etárias, mas é o dinheiro mais bem gasto de todos.
Vá abram as carteiras, arregacem as mangas e levem a injecção intra-muscular em três doses. Não dói nada quando comparada com o grande mal que evita...

24 comentários:

Poetic GIRL disse...

Já podemos tomar Ana? Pensei que era só até aos 20 anos, sendo assim claro que quero tomar. Custe o que custar. bjs

Ana C. disse...

Poetic Girl A minha médica disse-me já existirem estudos que dizem que até aos 45 anos é eficaz. Ela própria tinha tomado a primeira dose há pouco tempo.

I. disse...

Vinha cá dizer que a minha médica disse que era indiferente (há mais de 5 anos, e depois de eu lhe pedir para a tomar), mas depois de ler a tua resposta vou por-lhe a questão de novo.
Tenho medo de picas, mas mais ainda de ficar com o grande C. Livra!

Ana C. disse...

I. pergunta-lhe lá agora. Sabes que estão sempre a aparecer estudos novos todos os anos.

sofia disse...

Não sabia que já tinham alargado o "leque" de idades
Tenho de ver se falo com o médico nisso
Bjs

LaranjaLimão disse...

Quanto é que custou a vacina, Ana? €500?

Ana C. disse...

Sofia só não alargaram a comparticipação, essa acho que é só até aos 20 e tal anos.

Ana C. disse...

Laranjina C tu agora não podes levar vacina nenhuma, mas fica já sabendo para o futuro: Vou comprar a primeira dose para a semana, mas cada dose é cento e tal euros. Penso que no final dá 300 e tal euricos.

Joanissima disse...

Eu já a levei há um ano, mais ou menos. O meu médico mandou-me fazer por uma questão de precaução (até por causa do HPV).
O preço, na altura, ficou bem mais do que 300€. Mas valeu a pena, mais que não seja pelo descanso.
É lamentável que não seja minimamente comparticipada.

sonho de bebé disse...

Em Junho vou á Ginecologista e vou pedir o conselho dela.
bjs

Lia disse...

Pensava que não servia de nada tomar... Caraças de médicos que não se decidem!

MARIINHA disse...

Passei por aqui para te dizer que tenho um post na Mansarda com um recado para ti.
Vai lá ver.

Por aqui hoje o assunto é sério. Claro que as raparigas se devem vacinar e se está provado que as mais velhas também, é pedir a opinião do ginecologista, e mesmo sendo 300 euros, vale mais gastar na prevenção, do que passar por trabalhos.Bjs

Precis Almana disse...

A questão, Ana, é que a probabilidade de termos já HPV - aquilo que a vacina previne - é enorme. Todas nós. E saber se temos só se consegue com um exame que é a captura híbrida e custa cerca de 100 euros. E, tendo-se, ainda há a probabilidade de ser de baixo risco para cancro, o que é muito bom mas em qualquer dos casos exige é vigilância. Se já se tiver, a vacina não vale de nada...
Há estudos que apontam para um número altíssimo o de pessoas que, na vida adulta, já estarão infectadas (mesmo que não se manifeste).

Precis Almana disse...

E penso que será por isso que os médicos dizem que é indiferente. Há 80 e tal estirpes do virús... O que se deve fazer é vigilância: citologia e colposcopia (o videozinho que se vê lá dentro caso o virús se manifeste).

Ana C. disse...

Precis mas o que a médica me explicou é que podemos ter estado em contacto com um genotipo do vírus, mas existem dezenas de outros que estão na vacina. A vacina pode ainda ajudar a fortalecer o sistema imunitário para eliminar o vírus e a resolver a possível infecção.
Et voilá, feitas as contas acho que vale a pena e não, não é indiferente levar, ou não levar.

Precis Almana disse...

Eu não digo que é indiferente, digo é que talvez seja por ser grande a probabilidade de termos que os médicos dizem que há médicos a dizer que é indiferente (como a da I., por exemplo). Eu não sou ninguém para dizer isso.
Independentemente das diferentes posturas médicas e de se levar ou não vacina, é muitíssimo a visita anual ou semestral ao ginecologista e a realização da citologia com colposcopia; coisa que, tu também deves saber, mesmo ao nível de pessoas que são informadas e deviam fazê-lo não é seguido de forma rigorosa. Começa a perguntar às pessoas que conheces e apanhas um baque...(como eu apanhei há uns tempos quando fiz essa "sondagem").

Precis Almana disse...

Ai pá, e escrevi repetido e tenho palavras a menos, como importante...

Precis Almana disse...

Ah, uma coisa: o virus não se elimina. Uma vez lá, sempre lá. Pode é não se manifestar. Ou conseguir eliminar-se a lesão (a manifestação do dito). Daí o eu ter dito que quando se tem a vacina não vir fazer nada (desculpa, podia não ter ficado claro). Mas claro que se fortalece e se evita a manifestação de outras estirpes, é uma vacina importante.

Ana C. disse...

Precis todos os anos estou caída na ginecologista a fazer os exames todos. Da última consulta trouxe extra a prescrição da vacina e o primeiro exame da mama...
É um dos cancros mais tratáveis se detectado precocemente e mais mortal quando detectado tardiamente. Tudo o que puder fazer para evitar más surpresas é claro que farei. Mas também sei que ainda há muitas mulheres informadas que deixam andar estas coisas por preguiça, procrastinação.
E agora já fizemos o nosso panfleto informativo :)

Mariah disse...

Desconhecia que se podia tomar até aos 40! Acho que se deve tomar mas sem dúvida que a melhor prevenção é a visita regular ao ginecologista e efectuar a citologia, sem falhas. Acho que ainda há alguma desinformação em relação ao HPV, principlamente ao associá-lo a praticas promíscuas o que não corresponde à realidade.
Um beijo desta leitora recente do teu blog mas agora assidua

Precis Almana disse...

Ahahah Pois!
E é isso, sim.
Acho que alguma descoincidência de informação também se deve a ser uma descoberta relativamente recente, eles ainda andam um bocadinho a apanhar bonés. Entre 80 e 200 estirpes, lês de tudo um pouco. Depois falam em transmissão sexual e também já li que pode ser passado em piscinas - acho que descobriram casos de pessoas que era impossível ter sido por via sexual... Etc., etc. O que eu sei, e cada vez sei melhor, é que é fundamental fazer meia dúzia de exames anualmente para podermos ir fazendo pequenas afinações na nossa "máquina".
E com esta me vou... dar-lhe descanso :-)

gralha disse...

Infelizmente sou uma das cerca de 10% de mulheres para quem já não vale a pena fazer a vacina... Resta-me a vigilância anual.
Mas ainda bem que fazes o apelo! Tenho pena que nunca me tenham falado disto antes de apanhar o vírus.

Precis Almana disse...

Gralha, se fossem só 10% estávamos muito bem...

Isilda disse...

Venha o que vier não tenho medo de nada.Deixei de ligar ao sensacionalismo na área da saúde.