sábado, 9 de maio de 2009

A Efemeridade da Felicidade

Neste local tranquilo e quente em que me encontro esqueço-me das razões que me trouxeram aqui.
Neste local pacífico em que nada escuto além dos sons que me importam sinto que é o lugar certo para estar.
Neste local em que a textura da chuva lá fora me reconforta o olhar, sinto-me a escorregar entre os meus próprios olhos, como a chuva que cai nos vidros molhados do lado de fora da minha casa.
Sinto-me forte, sinto que nada me pode acontecer enquanto estiver aqui neste local tranquilo e quente do lado de dentro de mim.
Conto os segundos até a sensação passar, porque eu sei que irá passar. Tudo de bom passa depressa demais para que tomemos consciência. Mas eu sei melhor do que isso e vou tomar consciência, vou ser mais rápida que o próprio momento e vou arrastar-me com ele, dentro dele, no seu interior, fazê-lo durar até me confundir nos seus espaços.
E assim serei feliz por mais um breve momento.

8 comentários:

Sunrise disse...

É de pequenos momentos reconfortantes e alegres que dizemos que vale a pena estar aqui, porque sabe tão bem e aquece-nos a alma. Uma beijoca. Também já tinha saudades de vir aqui.

Ana C. disse...

Sunrise a vida é feita de momentos bons e maus. Mas às vezes esquecemos de reparar nos bons :)
Bjs

Just me disse...

Como eu preciso de um momento desses agora...

Ana C. disse...

Just Me ele deve estar a chegar, fica atenta ;)

Naná disse...

Alguém me disse que não podemos ser felizes a toda a hora, mas que podemos retirar felicidade e prazer de momentos que à primeira vista são pouco importantes... e realmente sinto-me feliz por apreciar as cores da vida: um cafézinha na minha esplanada preferida, o pardalito que dá pulinhos à procura de migalhas, o sol a cair na linha do horizonte, uma criança que me sorri, dois velhotes de bengalinha de mão dada pela rua... são estas pequenas coisas que quando as vejos, me arrancam um sorriso e me fazem sentir uma tremenda alegria de estar viva e poder disfrutar da vida em plenitude...
Pena que por vezes me esqueço que isto é importante...

Izzie disse...

A vida tem realmente de ser feita de momentos. Felizes os que sabem viver assim!!

beijinho querida

Ana C. disse...

Naná eu também me esqueço muitas vezes, mas quando me lembro é tão bom...

Ana C. disse...

Izzie eu às vezes lembro-me de viver assim. Pena não ser sempre.